De Giulia a 24 de Março de 2007 às 11:05
Santa, acho que existe nisso uma coerência. Se a arte é a expressão de valores e o único valor universal nas culturas contemporânea é o $$$CIFRÃO$$$, como poderia ser diferente? rsrs
E não se trata de valores pequenos, como o pequeno colecionador brega que faz questão de mostrar seus quadritchos para os convidados, são os rios de $$$$$$ que correm nessas megainstalações muitas vezes financiadas por nós mesmos através de patrocínios públicos...


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres