De Silvio Vasconcellos a 11 de Julho de 2006 às 09:24
Zuriñe está certa. Não existe uma direita ou esquerda que queiram eliminar a miséria. O poder quer manter-se. Cada um que lá chega assume o papel de "Todo Poderoso" e feito abelha rainha trata de manter sua massa de operárias para protegê-la e preservá-la.
A mídia da crise, que conheço desde que me conheço, também usa do artifício do medo da mudança para preservar o pavor de que o predador está em volta da colméia. Assim, maquiavélica, a mídia governista venera índices, mas assusta com o perigo do que pode ocorrer se trocar a rainha; a mídia de oposição, por falta de prática e costume, bate em quem sempre soube bater e por isso conhece as artimanhas. Acaba por tornar-se tão desacreditada e tão fora de sintonia, que boa parte da população simplesmente desiste de assistir um noticiário, ler um jornal ou uma revista. Não é que saibam que todos defendem os seus e quererm vender a idéia de quando chegarem ao poder serão diferentes; simplesmente porque quando não há esperança não há quem convença pela mudança.
O poder sempre age para manter-se. Mudam só as caras, fica a alma maldita que preserva a pobreza e a ignorância.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres