27 comentários:
De Fabiana a 14 de Fevereiro de 2007 às 02:30
Já assinei. Anistia a Zé Dirceu significa a queima de arquivo (CPI) de todos os envolvidos no mensalão.


De Ricardo Rayol a 14 de Fevereiro de 2007 às 13:02
Santa, em paralelo estamos preparando, o movimento evolução, uma blogagem coletiva sobre esse absurdo. Gostaríamos de contar com seu apoio na divulgação. Topa?


De coelho a 15 de Fevereiro de 2007 às 13:16
Já assinei.Na atual "profundidade",qualquer manifestação é válida, principalmente à quem se destina.
Alguém sabe por quê o blog do Reinaldo está Fora do ar.


De Giulia a 16 de Fevereiro de 2007 às 17:58
Eu assinei. O fato de ter ou não valor jurídico não refresca nada, pois na atual semi-ditadura as leis são manipuladas a bel prazer. O que falta no Brasil é o panelaço, a gritaria em praça pública, todos são educados demais... Já ouvi 50.000 nas ruas de Milão (dez vezes menor do que Sampa) gritando "Figli di puttana!". Funcionou. O mínimo que essa corja merece é que encham seus gabinetes de papel. Mesmo assim não vai dar para limpar toda a merda.


De Pablo Henrique a 16 de Fevereiro de 2007 às 21:28
Esclarecimentos quanto ao "valor" (validade é o conceito) jurídico do Manifesto CONTRA a anistia de José Dirceu.

Não se pode, aliás, não se deve fazer uma petição para impedir alguém de exercer um direito legítimo. Não é possível, portanto, pois não teria validade jurídica alguma, uma petição que tivesse por escopo impedir que pessoas, tão cidadãs quanto cada um de nós, fossem impedidas de requerer a anistia de José Dirceu. Um projeto de lei de iniciativa popular, entretanto, deve ser analisado e votado pelo Congresso. A obrigação do Congresso, correspondente ao direito dos eleitores, limita-se a colocar o projeto em pauta e votá-lo. Dizer "sim" ou dizer "não" ao projeto não é questão de validade jurídica, mas de escolha política. O Manifesto CONTRA a anistia de José Dirceu deve atuar, portanto, no campo do "valor político", como instrumento legítimo de pressão política sobre os srs. congressistas. Nem toda petição tem caráter jurídico. Daí, aliás, o nome de "Manifesto".

Um abraço a todos e

um agradecimento especial à Santa pela notícia.


De Caótica a 17 de Fevereiro de 2007 às 00:21
Santa,

Já assinei esse manifesto e outros que estão na internet e assinarei quantos mais tiver acesso.


De João Bosco a 18 de Fevereiro de 2007 às 18:46
Vou nadar contra a corrente.
Eu gostaria de ver uma lei aprovada pela Câmara, pelo Senado, anistiando o José Dirceu.
Depois este documento legal irá para o Senhor Lula, que democraticamente poderá sancionar ou vetar.
Caso sancione....o que até o povão vai pensar?
Caso ocorra o veto.....que polvorosa no PT.
Quem mais torce contra a anistia ao Dirceu não somos nós.
Gostaria só de ver o circo ardendo em chamas.
"Paris vale bem uma missa".


Comentar post