De Silvio Vasconcellos a 14 de Agosto de 2006 às 08:19
A mãe carrega o filho por nove meses e o pai assiste de fora; quando nasce, já o pode tocar, mas é a mãe que o amamamenta. Nos próximos meses começa o seqüestro de amor. O pai vai conquistando espaço no coração do filho a cada toque, a cada olhar e principalmente a cada palavra. Quando menos espera, o pai vira mãe. Outra mãe para o mesmo filho.
Já a mãe, que o coração a todos abarca, cumpre-lhe a missão de abrir espaço para esse intruso e compartilhar o amor, que nunca divide, sempre multiplica.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres