Domingo, 15 de Agosto de 2010

Sindicalista conta tudo: grupo fez trabalho sujo para Lula e conseguiu culpar Serra

Mais um sindicalista decidiu revelar os porões do PT. A VEJA desta semana traz uma reportagem de Policarpo Junior e Otávio Cabral sobre a atuação de um grupo de sindicalistas que produzia dossiês para a campanha do PT em 2002. Um de seus expoentes era Wagner Cinchetto, que concedeu uma entrevista estarrecedora à revista. O mais espantoso é que Cinchetto não se diz santo, não. Ele confessa, por exemplo: “Eu e o Medeiros (Luiz Antônio de Medeiros, ex-dirigente da Força Sindical) trabalhávamos para o Collor e participamos da produção daquele depoimento fajuto da ex-namorada do Lula.” Isso foi em 1989.

Em 2002, ele já estava trabalhando para o PT. O mais surpreendente de sua confissão: o objetivo era atingir todos os inimigos de Lula naquela ano e jogar a culpa nas costas do tucano José Serra. E assim se fez. E assim noticiou a imprensa! A ação mais vistosa, revela o sindicalista, foi o caso Lunus, a operação da Polícia Federal que recolheu na sede da empresa do marido de Roseana Sarney a bolada de R$ 1,34 milhão em dinheiro vivo. José Sarney sempre acusou Serra de estar metido na operação, e isso foi determinante na sua aliança com… Lula — que era, na prática, o chefão dogrupo que havia destruído a chance de a filha se candidatar à Presidência. Outro alvo dos petistas foi Ciro Gomes — na verdade, seu então candidato a vice, Paulo Pereira da Silva, que também tinha a certeza de que estava sendo alvo de… Serra!

Segundo Cinchetto, Lula sempre soube de tudo. No comando da operação, ele informa, estavam Ricardo Berzoini e Luiz Marinho, hoje presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo. Leiam a entrevista:

Qual era o objetivo do grupo?
A idéia era atacar primeiro. Eu lembro do momento em que o Ciro Gomes começou a avançar nas pesquisas. Despontava como um dos favoritos. Decidimos, então, fazer um trabalho em cima dele, centrado em seu ponto mais fraco, que era o candidato a vice da sua chapa, o Paulinho da Força. Eu trabalhava para a CUT e já tinha feito um imenso dossiê sobre o deputado. Já tinha levantado documentos que mostravam desvios de dinheiro público, convênios ilegais assinados entre a Força Sindical e o governo e indícios de que ele tinha um patrimônio incompatível com sua renda. O dossiê era trabalho de profissional.

Os dossiês que vocês produziam serviam para quê?
Fotografamos até uma fazenda que o Paulinho comprou no interior de São Paulo, os documentos de cartório, a história verdadeira da transação. Foi preparada uma armadilha para “vender” o dossiê ao Paulinho e registrar o momento da compra, mas ele não caiu. Simultaneamente, ligávamos para o Ciro para ameaçá-lo, tentar desestabilizá-lo emocionalmente. O pessoal dizia que ele perderia o controle. Por fim, fizemos as denúncias chegarem à imprensa. A candidatura Ciro foi sendo minada aos poucos. O mais curioso é que ele achava que isso era coisa dos tucanos, do pessoal do Serra.

Isso também fazia parte do plano?
Como os documentos que a gente tinha vinham de processos internos do governo, a relação era mais ou menos óbvia. Também se dizia que o Ciro tirava votos do Serra. Portanto, a conclusão era lógica: o material vinha do governo, os tucanos seriam os mais interessados em detonar o Ciro, logo… No caso da invasão da Lunus, que fulminou a candidatura da Roseana, aconteceu a mesma coisa.

Vocês se envolveram no caso Lunus?
A Roseana saiu do páreo depois de urna operação sobre a qual até hoje existe muito mistério. Mas de uma coisa eu posso te dar certeza: o nosso grupo sabia da operação, sabia dos prováveis resultados, torcia por eles e interveio diretamente para que aparecessem no caso apenas as impressões digitais dos tucanos. Havia alguém do nosso grupo dentro da operação. Não sei quem era a pessoa, mas posso assegurar: soubemos que a candidatura da Roseana seria destruída com uns três dias de antecedência. Houve muita festa quando isso aconteceu.

Nunca se falou antes da participação do PT nesse caso…
O grupo sabia que o golpe final iria acontecer, e houve uma grande comemoração quando aconteceu. Aquela situação da Roseana caiu como uma luva. Ao mesmo tempo em que o PT se livrava de uma adversária de peso, agia para rachar a base aliada dos adversários… Até hoje todo mundo acha que os tucanos planejaram tudo. Mas o PT estava nessa.

Quem traçava essas estratégias?
O grupo era formado por pessoas que têm uma longa militância política. Todas com experiência nesse submundo sindical, principalmente dos bancários e metalúrgicos. Não havia um chefe propriamente dito. Quem dava a palavra final às vezes eram o Berzoini e o Luiz Marinho (atual prefeito de São Bernardo do Campo). Basicamente, nos reuníamos e discutíamos estratégias com a premissa de que era preciso sempre atacar antes.

O então candidato Lula sabia alguma coisa sobre a atividade de vocês?
Lula sabia de tudo e deu autorização para o trabalho. Talvez desconhecesse os detalhes, mas sabia do funcionamento do grupo. O Bargas funcionava como elo entre nós e o candidato. Eu ajudei a minar a campanha do Lula em 1989, com aquela história da Lurian. Eu e o Medeiros (Luiz Antônio de Medeiros, ex-dirigente da Força Sindical) trabalhávamos para o Collor e participamos da produção daquele depoimento fajuto da ex-namorada do Lula. O grupo se preparou para evitar que ações como aquelas pudessem se repetir - e fomos bem-sucedidos.

De onde vinham os recursos para financiar os dossiês?
Posso te responder, sem sombra de dúvida, que vinham do movimento sindical, principalmente da CUT. Se precisava de carro, tinha carro. Se precisava de viagem, tinha viagem. Se precisava deslocar… Não faltavam recursos para as operações. Quando eu precisava de dinheiro, entrava em contato com o Carlos Alberto Grana (ex-tesoureiro da CUT), o Bargas ou o Marinho.

Quem mais foi alvo do seu grupo?
O plano era gerar uma polarização entre o Serra e o Lula. Por isso se trabalhou intensamente para inviabilizar a candidatura do Garotinho, que também podia atrapalhar. Não sei se o documento do SNI que ligava o vice de Garotinho à ditadura saiu do nosso grupo, mas posso afirmar que a estratégia de potencializar a notícia foi executada. O Garotinho deixou de ser um estorvo. E teve o dossiê contra o próprio Serra. Um funcionário do Banco do Brasil nos entregou documentos de um empréstimo supostamente irregular que beneficiaria uma pessoa ligada ao tucano. Tudo isso foi divulgado com muito estardalhaço, sem que ninguém desconfiasse que o PT estava por trás.

Por Reinaldo Azevedo



Publicado por Blog da Santa às 15:26 | | Comentar

BEM VINDOS!
ORKUT

Página da Santa

Comunidade da Santa
 

POSTS RECENTES

Novo endereço

Até breve!!

QUANTO VALE UM POBRE?

Narcoterroristas da Colôm...

Popular até para os morto...

Atenção! O trem-bala já n...

OS 85 TRIBUTOS COBRADOS N...

Dilma. A mulher "pode" !

Brasil: pós palanque e br...

Lula ressuscita a CPMF pa...

"O pior não é morrer de fome num deserto: é não ter o que comer na Terra Prometida" (José Lins do Rego)
ARQUIVO

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

MAPA ELEIÇÕES ESTADUAIS
Oposição é campeã na disputa pelos Estados (10 vitórias) contra 4 do partido governista.
BLOGS ESTRANGEIROS
  • A Natureza do Mal (Portugal)
  • Abulafia (México)
  • Abrupto (Portugal)
  • AEA(Portugal)
  • Astrolabio(Chile)
  • Bellxone(França)
  • Blog-sem-filtros(Portugal)
  • Betty Branco(Portugal)
  • COGIR (Portugal)
  • Das Pipi Pausa (Chile)
  • Dispersamente(Portugal)
  • Dra.Daniela Mann(Portugal)
  • El Escarabajo gris
  • Estados Gerais (Portugal)
  • Fado Falado (Portugal)
  • Fases da Lua Cheia (Portugal)
  • Foto Escrita (Portugal)
  • Impressões(Inglaterra)
  • In Mente (Portugal)
  • Kurika (Portugal)
  • Martha Clmares(Venezuela)
  • Menina Marota(Portugal)
  • Mixtu (Espanha)
  • Inquetudes(Espanha)
  • Novo Mundo(Portugal)
  • Nuvolaglia (Peru)
  • O Insurgente(Portugal)
  • Olhos de Órus(Portugal)
  • Os Intensos (USA)
  • Pisconight (Portugal)
  • Sabedoria(Portugal)
  • Ser Rizomático (Espanha)
  • Só Verdades(Portugal)
  • V-P(nieto) (Portugal)
  • Xnem(Barcelona)
  • BLOGS BRASILEIROS
  • A Marvada Pinga
  • A Moita do Moita
  • A Nova Corja
  • A Casa do Zé Carlos
  • As Culturas Reagem
  • Alquimistas do Brasil
  • Abuláfia
  • Arte Incomum
  • Arte de Fazer
  • Arte Popular
  • Apoio Fraterno
  • Abrindo Janelas
  • Alerta Brasil
  • Angelo da Cia
  • Amor Natural
  • Aqui não, Genésio
  • Aparte
  • ArtMonta
  • Arte Pública Blog
  • Bento vai pradentro
  • Boa Temática
  • Blog do Arlan
  • Blog do Carlos Caldas
  • Blog do Clausewitz
  • Blog de Daniel Butzke
  • Blog do Fábio Mayer
  • Blog do Ferra Mula
  • Blog do Hynkel
  • Blog do Joca
  • Blog do Maninho
  • Blog do Tunico
  • Blog do Tunico 2
  • Blog da Juju
  • Blog da Loba
  • Blog da Magui
  • Blog do Patrick
  • Blog da Nariz Gelado
  • Blog do Tambosi
  • Blog do Sombr4
  • Blog do Ozéas
  • Blogs Coligados
  • Blogando Francamente
  • Brazil Liberdade e Democracia
  • Brazil Business
  • Business Opportunites
  • Cadinho Roco
  • Camarada Arcanjo
  • Caótica
  • Cláudia Perrotti
  • Clenira Melo
  • Chega Mais
  • Circo Sem Futuro
  • Contos e Encontros
  • Contos que conto
  • Connaction
  • Coisas Caseiras
  • Contra o Vento
  • Cosmologia: ciência e arte
  • Culturas Híbridas
  • Da indignação à Ação
  • Desabafos do Amor
  • Deu no Jornal
  • Devaneios de Lilith
  • Diplomatizzando
  • Doutro Lado do Mar
  • Eduardo Souza
  • Educa Fórum
  • Equilíbrio
  • Em Outras Palavras
  • Escrevinhações
  • Estórias Essenciais
  • Ex-petista
  • Expectativas Racionais
  • Fabiana Melo
  • Fábio Mayer
  • Falares
  • Fermento Cínico
  • Flor de Lis Branca
  • Giocomo
  • Frodo Balseiro
  • Gazeta Cultural
  • Grupo da Quinta
  • Idéias e Histórias
  • Ilustrada PPG
  • Indecência Verde Amarela
  • Jus Indignatus
  • Kafe Roceiro
  • Lata Mágica
  • Leão Nazareno
  • Leite, Luz e Linha
  • Lesados em Geral
  • Lena Casas Novas
  • Limpa Brasil
  • Lucasivuca
  • MaGenCo
  • Maria B
  • Maria Oliveira
  • Meu Primeiro Bebê
  • Memorial IAC
  • Meus Ditos
  • Mini contos cotidianos
  • Minimínimos
  • Minuto Político
  • Netuno
  • Miolo de Pote
  • Nacionalista
  • Novas - Vera
  • O Copista
  • O País da Piada Pronta
  • O que pensa Aluízio
  • O Carapuceiro
  • Olhos de Marina
  • Outras Letras
  • PT Nunca Mais
  • Palavras ao Leu
  • Pensar Político
  • Pedra Fundamental
  • Pérolas aos Porcos
  • Plenos Pecados
  • Poemas e Amores
  • Porto das Crônicas
  • Por Cuba Livre
  • Por Outro Lado
  • Por um Novo Brasil
  • Pinkart
  • Pobre Pampa
  • Postura Ativa
  • Quintal do Leão
  • Ramses Séc XXI
  • Resistência
  • Rodrigo Constantino
  • Rótulo
  • Serjão comenta do céu
  • Sei.Não.Maga
  • Simpatia e Esculacho
  • Sobesta Blog
  • Soube?
  • Som Barato
  • Star Sasa
  • Toque das Ruas
  • Toca do Calango
  • Toca dos Seis
  • Tubarão
  • Santa do Blog
  • Uni-verso In-verso
  • Vaca Atolada
  • Varal de Idéias
  • Verbi Gratia
  • Vida Nova
  • Vôo Subterrâneo
  • Vox Libre por Antonio Rayol
  • Walter Carrilho
  • Zigue-zagueando
  • Contraditório
  • Jean Scharlau
  • Zé Povo
  • Novembro 2010
    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab

    1
    2
    3
    4
    5
    6

    7
    8
    9
    13

    16
    17
    18
    20

    21
    22
    23
    24
    26
    27

    28
    29
    30


    Brasileira em Lisboa, Portugal
    blogs SAPO
    tags

    “força aérea

    300

    80 anos de bento xvi

    aeronáutica

    affonso romano

    agência nacional de aviação civil

    água

    alimentação medieval

    alinhamento ideológico

    amarildo

    ancine

    andre desek

    anibal phillot

    animação

    ariano suassuna

    arquitetura

    arsenal

    arte

    arte brasileira contemporânea

    arte contemporânea

    arte pop

    arte pública

    artes visuais

    assalto

    assédio

    assembléia legislativa de perrnambuco

    atendimento aos municípios

    bacanal

    banco do brasil

    bento xvi

    bienal

    bloogueiros portugueses

    bobagens

    bolívia

    boris kossoy

    boris nikoláyevich yeltsin

    brasil

    bruna putistinha

    bruna surfistinha

    caetano veloso

    caetés

    campanha na rede

    cansei

    caos aéreo

    caricatura

    carlos wilson

    cartel

    células-tronco

    cenografia

    censura no brasil

    charge

    christina fontenelle

    cidades

    cinema

    classe média

    clement greenberg

    clodovil

    co-rio

    combater ao crime

    comissão de constituição e justiça do se

    comunicação

    congressistas

    congresso nacional

    conselho nacional de cinema

    controlador de vôo

    corrupção no brasil

    cow parade

    cow parade no brasil

    cpi do apagão

    crime

    crítica de arte

    culinária temática

    curadoria

    cursos

    diogo mainardi

    escultura

    fotografia

    governo

    governo do pt

    governo lula

    humor

    impunidade

    lei rouanet

    literatura

    lula

    mec

    minc

    patrocínio cultural

    poéticas

    política

    política cultural

    política pública

    políticas públicas

    prefeitura são paulo

    pt

    segurança

    turismo

    universidade

    violência

    violência urbana

    todas as tags