Sábado, 27 de Fevereiro de 2010

Por Valmir Fonseca


Um dos muitos milagres com os quais fomos abençoados pelo “magnífico estupor” está a multiplicação do dinheiro. De fato, o bolso dos que pagam impostos parece não ter fundos, pois “nossa aberração” não titubeia em inchar a ineficiente máquina administrativa pública (efetivação do controle interno do Estado), pois seu interesse é o reaparelhamento político do Estado.


Acrescente – se ao pesado ônus nacional, a gigantesca máquina administrativa já existente (mais de 21 mil cargos públicos de confiança, a deles, sem concurso), com 37 sinecuras de altíssimo nível em termos de gastos, um empreguismo suicida, a alimentação de ONGs nas mãos de honrados e abnegados petistas, as vultosas quantias orientadas para o empacado PAC, agora liberado, apesar de a maioria de seus projetos conter vícios denunciados pelo TCU, este amordaçado pela ira do “cão sarnento”.


Inconseqüentemente, o desgoverno não titubeia em criar despesas crescentes, que não podem ser revertidas, com gastos em pessoal; não se preocupa em conceder aumentos estapafúrdios para os funcionários (os gastos com funções gratificadas cresceram 119% e chegaram a R$1,2 bi), e em fazer doações e benemerências (um bilhão de dólares de crédito para Cuba, com a previsão de um adicional de mais 230 milhões) com a benevolência de um perdulário novo rico.


Parece bazófia, ouvirmos a cada dia, as centenas de milhões de reais que serão destinadas para esta ou aquela obra, ou os vultosos aportes para estes ou aqueles ministérios, ou para a educação, ou para a saúde, e para que os números soem como impressionantes, afirmam que aquelas monstruosas cifras serão liberadas até 2030, 2040, e assim por diante. Alguns, boquiabertos com tanta pujança do Tesouro Nacional, e com a propalada eficiência e a capacidade empreendedora do desgoverno, pasmem, acreditam.


Infelizmente, no mar de rosas que o País atravessa, não muito longe, agourentos economistas vaticinam que um tsunami se aproxima e, mesmo aumentando – se a carga tributária, ainda assim, faltará “merda” para todos.


O aumento dos impostos pode ser agregado ao seu bolso de forma direta ou indireta. A indireta, você pouco percebe. Vamos a um grosseiro exemplo. Quando, repentinamente, o Seguro Obrigatório foi aumentado de 40 reais (?) para os atuais 82(?), foi público na imprensa, quase às escondidas, a destinação daqueles recursos. O mais alarmante é que 30% são destinados ao desgoverno.


Pergunta – se, o que o governo tem com aquele seguro, uma taxação recolhida de todos os proprietários de carros, ônibus, caminhões, como fundo para a indenização de acidentados? Absolutamente nada, a não ser recolher algum. Portanto, vejam como é fácil arrecadar, sem que os idiotas percebam.


Pipocam na imprensa, preocupantes alertas. Não há desconhecimento quanto ao montante da dívida pública. Ela já cruzou a casa do trilhão.


Cobertos de razão, alentados economistas olham com reservas para o inchaço da máquina administrativa (dados recentes do Ministério do Planejamento apontam que, entre 2002 e 2009, o número de cargos de Direção e Assessoramento Superior (DAS) aumentou 24,6%, passando de 18. 374 para 22. 897.


Já as despesas com essas e outras funções gratificadas do Executivo passaram de R$555,6 milhões em 2002, para R$1, 222 bilhão em 2009, um salto de 119,9% - dados extraídos do artigo “Excesso de Confiança”, de Gustavo Paul e Cristiane Jungblut), e com justo temor, denunciam, pois além de dominante, o Estado é grande, pesado, caro, esbanjador e ineficiente.


Acreditamos que, muito breve, a conta ficará alta demais ou o bolo da viúva pequeno para ser dividido com tantos, em especial, por constatarmos que a cúpula dos três Poderes é um dragão insaciável.


E o pior, é que a candidata do “alto teor alcoólico” nos afirma com alarido (vide o seu programa de governo) que os tentáculos do desgoverno serão estendidos sobre todos os setores, como um poderoso pai, benevolente para os lenientes e acomodados, e severo com os que não se comportarem.


Rumamos, infelizmente, de olhos abertos para o abismo, e não temos a simplória desculpa de que fomos enganados. Uma coisa é certa, hoje a esquerdalha atingiu a tal limite de força e descaramento, que trabalha às escancaras (PNDH, o que é isso companheiro?), e anuncia aos quatro ventos, em festivos convescotes o que fará conosco.


E nós, humilde e pacientemente, abanamos o rabo.



* Valmir Fonseca Azevedo Pereira é General de Brigada Reformado.

Fonte – www.alertatotal.net

imagem:pensandodiferente



Publicado por Blog da Santa às 08:44 | | Comentar

1 comentário:
De Bartolomeu a 1 de Março de 2010 às 12:16
Santa: o texto além de bem didático , perfeito, é VERDADEIRO. Nosso país está a caminhar a passos largos para o ralo; se o próximo Presidente não for dilma (cruz credo) ele somente conseguirá governar se for peitudo e corajoso. Se for a dilma (cruz credo, esconjura), o "ferro" será bem acentuado e nos próximos vinte anos não sairemos dele.


Comentar post

BEM VINDOS!
ORKUT

Página da Santa

Comunidade da Santa
 

POSTS RECENTES

Novo endereço

Até breve!!

QUANTO VALE UM POBRE?

Narcoterroristas da Colôm...

Popular até para os morto...

Atenção! O trem-bala já n...

OS 85 TRIBUTOS COBRADOS N...

Dilma. A mulher "pode" !

Brasil: pós palanque e br...

Lula ressuscita a CPMF pa...

"O pior não é morrer de fome num deserto: é não ter o que comer na Terra Prometida" (José Lins do Rego)
ARQUIVO

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

MAPA ELEIÇÕES ESTADUAIS
Oposição é campeã na disputa pelos Estados (10 vitórias) contra 4 do partido governista.
BLOGS ESTRANGEIROS
  • A Natureza do Mal (Portugal)
  • Abulafia (México)
  • Abrupto (Portugal)
  • AEA(Portugal)
  • Astrolabio(Chile)
  • Bellxone(França)
  • Blog-sem-filtros(Portugal)
  • Betty Branco(Portugal)
  • COGIR (Portugal)
  • Das Pipi Pausa (Chile)
  • Dispersamente(Portugal)
  • Dra.Daniela Mann(Portugal)
  • El Escarabajo gris
  • Estados Gerais (Portugal)
  • Fado Falado (Portugal)
  • Fases da Lua Cheia (Portugal)
  • Foto Escrita (Portugal)
  • Impressões(Inglaterra)
  • In Mente (Portugal)
  • Kurika (Portugal)
  • Martha Clmares(Venezuela)
  • Menina Marota(Portugal)
  • Mixtu (Espanha)
  • Inquetudes(Espanha)
  • Novo Mundo(Portugal)
  • Nuvolaglia (Peru)
  • O Insurgente(Portugal)
  • Olhos de Órus(Portugal)
  • Os Intensos (USA)
  • Pisconight (Portugal)
  • Sabedoria(Portugal)
  • Ser Rizomático (Espanha)
  • Só Verdades(Portugal)
  • V-P(nieto) (Portugal)
  • Xnem(Barcelona)
  • BLOGS BRASILEIROS
  • A Marvada Pinga
  • A Moita do Moita
  • A Nova Corja
  • A Casa do Zé Carlos
  • As Culturas Reagem
  • Alquimistas do Brasil
  • Abuláfia
  • Arte Incomum
  • Arte de Fazer
  • Arte Popular
  • Apoio Fraterno
  • Abrindo Janelas
  • Alerta Brasil
  • Angelo da Cia
  • Amor Natural
  • Aqui não, Genésio
  • Aparte
  • ArtMonta
  • Arte Pública Blog
  • Bento vai pradentro
  • Boa Temática
  • Blog do Arlan
  • Blog do Carlos Caldas
  • Blog do Clausewitz
  • Blog de Daniel Butzke
  • Blog do Fábio Mayer
  • Blog do Ferra Mula
  • Blog do Hynkel
  • Blog do Joca
  • Blog do Maninho
  • Blog do Tunico
  • Blog do Tunico 2
  • Blog da Juju
  • Blog da Loba
  • Blog da Magui
  • Blog do Patrick
  • Blog da Nariz Gelado
  • Blog do Tambosi
  • Blog do Sombr4
  • Blog do Ozéas
  • Blogs Coligados
  • Blogando Francamente
  • Brazil Liberdade e Democracia
  • Brazil Business
  • Business Opportunites
  • Cadinho Roco
  • Camarada Arcanjo
  • Caótica
  • Cláudia Perrotti
  • Clenira Melo
  • Chega Mais
  • Circo Sem Futuro
  • Contos e Encontros
  • Contos que conto
  • Connaction
  • Coisas Caseiras
  • Contra o Vento
  • Cosmologia: ciência e arte
  • Culturas Híbridas
  • Da indignação à Ação
  • Desabafos do Amor
  • Deu no Jornal
  • Devaneios de Lilith
  • Diplomatizzando
  • Doutro Lado do Mar
  • Eduardo Souza
  • Educa Fórum
  • Equilíbrio
  • Em Outras Palavras
  • Escrevinhações
  • Estórias Essenciais
  • Ex-petista
  • Expectativas Racionais
  • Fabiana Melo
  • Fábio Mayer
  • Falares
  • Fermento Cínico
  • Flor de Lis Branca
  • Giocomo
  • Frodo Balseiro
  • Gazeta Cultural
  • Grupo da Quinta
  • Idéias e Histórias
  • Ilustrada PPG
  • Indecência Verde Amarela
  • Jus Indignatus
  • Kafe Roceiro
  • Lata Mágica
  • Leão Nazareno
  • Leite, Luz e Linha
  • Lesados em Geral
  • Lena Casas Novas
  • Limpa Brasil
  • Lucasivuca
  • MaGenCo
  • Maria B
  • Maria Oliveira
  • Meu Primeiro Bebê
  • Memorial IAC
  • Meus Ditos
  • Mini contos cotidianos
  • Minimínimos
  • Minuto Político
  • Netuno
  • Miolo de Pote
  • Nacionalista
  • Novas - Vera
  • O Copista
  • O País da Piada Pronta
  • O que pensa Aluízio
  • O Carapuceiro
  • Olhos de Marina
  • Outras Letras
  • PT Nunca Mais
  • Palavras ao Leu
  • Pensar Político
  • Pedra Fundamental
  • Pérolas aos Porcos
  • Plenos Pecados
  • Poemas e Amores
  • Porto das Crônicas
  • Por Cuba Livre
  • Por Outro Lado
  • Por um Novo Brasil
  • Pinkart
  • Pobre Pampa
  • Postura Ativa
  • Quintal do Leão
  • Ramses Séc XXI
  • Resistência
  • Rodrigo Constantino
  • Rótulo
  • Serjão comenta do céu
  • Sei.Não.Maga
  • Simpatia e Esculacho
  • Sobesta Blog
  • Soube?
  • Som Barato
  • Star Sasa
  • Toque das Ruas
  • Toca do Calango
  • Toca dos Seis
  • Tubarão
  • Santa do Blog
  • Uni-verso In-verso
  • Vaca Atolada
  • Varal de Idéias
  • Verbi Gratia
  • Vida Nova
  • Vôo Subterrâneo
  • Vox Libre por Antonio Rayol
  • Walter Carrilho
  • Zigue-zagueando
  • Contraditório
  • Jean Scharlau
  • Zé Povo
  • Novembro 2010
    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab

    1
    2
    3
    4
    5
    6

    7
    8
    9
    13

    16
    17
    18
    20

    21
    22
    23
    24
    26
    27

    28
    29
    30


    Brasileira em Lisboa, Portugal
    blogs SAPO
    tags

    “força aérea

    300

    80 anos de bento xvi

    aeronáutica

    affonso romano

    agência nacional de aviação civil

    água

    alimentação medieval

    alinhamento ideológico

    amarildo

    ancine

    andre desek

    anibal phillot

    animação

    ariano suassuna

    arquitetura

    arsenal

    arte

    arte brasileira contemporânea

    arte contemporânea

    arte pop

    arte pública

    artes visuais

    assalto

    assédio

    assembléia legislativa de perrnambuco

    atendimento aos municípios

    bacanal

    banco do brasil

    bento xvi

    bienal

    bloogueiros portugueses

    bobagens

    bolívia

    boris kossoy

    boris nikoláyevich yeltsin

    brasil

    bruna putistinha

    bruna surfistinha

    caetano veloso

    caetés

    campanha na rede

    cansei

    caos aéreo

    caricatura

    carlos wilson

    cartel

    células-tronco

    cenografia

    censura no brasil

    charge

    christina fontenelle

    cidades

    cinema

    classe média

    clement greenberg

    clodovil

    co-rio

    combater ao crime

    comissão de constituição e justiça do se

    comunicação

    congressistas

    congresso nacional

    conselho nacional de cinema

    controlador de vôo

    corrupção no brasil

    cow parade

    cow parade no brasil

    cpi do apagão

    crime

    crítica de arte

    culinária temática

    curadoria

    cursos

    diogo mainardi

    escultura

    fotografia

    governo

    governo do pt

    governo lula

    humor

    impunidade

    lei rouanet

    literatura

    lula

    mec

    minc

    patrocínio cultural

    poéticas

    política

    política cultural

    política pública

    políticas públicas

    prefeitura são paulo

    pt

    segurança

    turismo

    universidade

    violência

    violência urbana

    todas as tags