31 comentários:
De Flor de Lis Branca a 3 de Julho de 2007 às 07:28
hahaha, meu único esforço físico, ultimamente, é gritar contra o governo!!

Um beijo


De "Hoje na TV Senado" a 3 de Julho de 2007 às 08:49
"NÃO PERCA!!!Assita a pizza ao vivo do Conselho de Ética pela TV Senado!! Pela internet vá no site do Senado. Mande seu e-mail para os senadores e ligue para o 0800612211. Faça seu protesto. http://www.senado.gov.br/sf/"


De Betinha a 3 de Julho de 2007 às 09:07
Santa,

Está difícil dar aquela caminhada básica, por exemplo. Sabe que saiu de casa mas não sabe se volta viva. O momento nunca foi tão propício ao sedentarismo.


De Mestre a 3 de Julho de 2007 às 09:10
Ihhh! Da família Tarzan só sobrou o cipó:)))


De Cartões corporativos a 3 de Julho de 2007 às 09:14
Por causa da descoberta de uso de cartões de crédito corporativos para lvagem de dinheiro, o escândalo do senador Roriz pode bater na porta das caixas de esgoto do governo federal e de alguns estados. As investigações do Ministério Público podem ser ampliadas para mais dez Estados. Já existem indícios de que a mesma falcatrua, depois de ter sido testado e dado certo em Brasília, funcionou também em Goiás, São Paulo e Paraná. Bancos oficiais desses Estados estão na mira dos procuradores.


De Duda a 3 de Julho de 2007 às 09:15
Vida saudável? Natural? Paz equilíbrio? Isso não te pertence mais...


De Sílvio - Contos & Encontros a 3 de Julho de 2007 às 09:37
Com tantos remédios prá tudo que é dor, fisioterapias, vacinas e benzeduras, ficar parado é que não pode. Imagina viver mais que 80 anos e passar a metade se queixando das juntas!!! Temos que nos mexer, mesmo que seja uma caminhada básica. Ficar parado vendo a vida passar numa tela é que não dá.
A espécie humana livrou-se das amarras da seleção das espécies de Darwin. Com isso a cada geração ficamos mais frágeis perante nossos micro-predadores. Outro dia Luis Fernando Veríssimo topedeou uma verdade que até agora era real: "somos todos filhos de indivíduos férteis", porém essa premissa já pode ser descartada dos últimos 15, 20 anos em diante, com fecundações in vitro, tratamentos de fertilidade e clonagens.
Calma, calma, não é uma crítica: é antes uma constatação. Serve apenas para dizer que nossa fragilidade está ligada ao nosso desenvolvimento, porém não podemos ficar reféns da ciência.
Portanto, levantem suas bundas de suas cadeiras pelo menos meia hora por dia e voltem para ler suas mensagens bem suados, oxigenados (não o cabelo!), restaurados e prontos para passar dos 80 comentando e postando e seguindo a canção...


De Nido a 3 de Julho de 2007 às 09:55
Santa,


Minha vida profissional (correr atrás) já é uma ginástica de alto impacto.


De a 3 de Julho de 2007 às 10:05
O assunto é mais sério do que parece. Depois da Internet onde não se precisa mais ir até a banca de revista comprar um jornal, e com essa onda de violência nas ruas que impede de passear com os filhos, fazer caminhadas diárias, ir a uma livraria, ao cinema, ao encontro das sextas com os amigos,... Minha vida de Tarzan está muito comprometida!


De Clau a 3 de Julho de 2007 às 10:30
Santinha, grata pela chamada ao post lá no ConnACTion.

Na verdade o assunto é cabeludo: as informações são confusas e cada lado quer impor - pagando bem caro - suas idéias.

Al Gore tem uma estrutura gigantesca atrás dele, um lobby feroz, e o outro lado também.
Eu postei o outro documentário para que as pessoas pudessem ver um outro lado da história (certamente são vários) e postei as reações de alguns entendidos no assunto.

Não sou cientista e nem tenho embasamento técnico para
analisar ou julgar as informações que jogam para nós todos os dias sobre aquecimento global (a maioria em inglês e sem tradução). Algumas obras do natimorto PAC dependem de licenças ambientais e o assunto é conflituoso entre Lula e Marina Silva. Uma confusão só.

Foi só uma tentativa de enriquecer o debate e desenvolver o senso crítico de quem se importa com o assunto.

Beijão e aproveite o dia 'de folga'!


Comentar post