Quarta-feira, 19 de Agosto de 2009

 

A verdade faz a tropa de choque bater em retirada

 

Se, como alega Dilma, não houve nenhuma conversa, Lina só prevaricou na imaginação de Mercadante. Se houve, o que foi dito é muito menos relevante que a reincidência da candidata à Presidência. É o quarto assassinato comprovado da verdade em menos de três anos. Sugerir à chefe do Fisco que socorra o filho do senador em apuros é infração grave. Mentir compulsivamente é pecado capital. “Uma ministra que faltou com a verdade precisa prestar esclarecimentos ao Senado”, colocou as coisas no rumo certo o senador Tasso Jereissati.

 

Por Augusto Nunes


Se Dilma Rousseff tivesse admitido que conversou com Lina Vieira, a tropa formada pelo que há de pior no pior Senado de todos os tempos cuidaria do trabalho sujo com a eficácia habitual. Se conseguiram manter Renan Calheiros em liberdade, prolongar a sobrevida de José Sarney, enforcar a CPI da Petrobras nos trabalhos de parto ou infiltrar Paulo Duque no comando do Conselho de Ética, encontrariam um jeito de inverter a realidade, transformar a ministra em voluntária da pátria e reduzir Lina a inimiga da nação.

 

Ao jurar que o encontro não existiu, fantasia avalizada por Lula no falatório da segunda-feira, Dilma deslocou o bando para um beco com uma saída só: deveriam provar que Lina não disse a verdade. Quem mentiu foi a ministra, renderam-se às evidências, meia hora depois do início da sessão, a ala dos escroques, o bloco dos cafajestes, o grupo dos sabujos e a oficialidade da base alugada. “A mentira não faz parte da minha biografia”, disse na introdução e repetiu no fecho do depoimento a ex-superintendente da Receita Federal.

 

Franzina, pouco à vontade com os rosnados dos buldogues de araque, Lina reafirmou o que disse à Folha de S. Paulo. Reiterou que não recorda a data da ida ao palácio, mas ofereceu informações que permitiriam a qualquer investigador estagiário reunir provas materiais conclusivas. Foi até lá no carro dirigido por um motorista do Ministério da Fazenda, seu nome foi anotado na garagem, subiu pelo elevador, passou por dois funcionários da Casa Civil quando caminhava rumo ao gabinete de Dilma. “Não sou fantasma”, alertou, lembrando que o circuito interno de imagens pode comprovar o encontro.

 

Também o comportamento dos escalados para o trabalho sujo evidenciou quem tem razão. Renan nem abriu o bico. Wellington Salgado fez uma pergunta e perdeu a voz. Almeida Lima esqueceu o script. Romero Jucá suspendeu o interrogatório no meio, avisou que o caso estava encerrado, declarou-se vitorioso e bateu em retirada. O pelotão avançado debandou ao perceber que fora encarregado de uma tarefa delirante retomada por Mercadante: deixar claro que Dilma nada fez de errado no encontro que ela garante não ter existido.

 

Se “durante o suposto encontro” Lina ouviu da ministra o que lhe pareceu uma irregularidade, insistiu o líder do PT, deveria ter denunciado o caso aos superiores. “Como a senhora não fez isso, cometeu crime de prevaricação”, subiu a voz o inquisidor tão dócil quando ouve ordens de Lula e tão audacioso no combate à verdade defendida por uma mulher sem a proteção de jagunços. Terminado o espetáculo da truculência, o Brasil constatou que o jovem senador de 2002 hoje é apenas um velhaco.

 

Se, como alega Dilma, não houve nenhuma conversa, Lina só prevaricou na imaginação de Mercadante. Se houve, o que foi dito é muito menos relevante que a reincidência da candidata à Presidência. É o quarto assassinato comprovado da verdade em menos de três anos. Sugerir à chefe do Fisco que socorra o filho do senador em apuros é infração grave. Mentir compulsivamente é pecado capital. “Uma ministra que faltou com a verdade precisa prestar esclarecimentos ao Senado”, colocou as coisas no rumo certo o senador Tasso Jereissati.

 

À noite, a patrulha que se rendeu à tarde agrupou-se na CPI da Petrobras e começou a atirar a esmo. O senador Renato Casagrande descobriu que Dilma pode ter esquecido o encontro. O relator Romero Jucá vetou a convocação de Lina. Precisam de algum tempo para convalescer do fiasco desta terça-feira. Sejam quais forem os truques e manobras, a candidata à Presidência terá de completar a travessia do pesadelo.

 

Se insistir em recusar a acareação, Dilma estará endossando sem ressalvas as revelações constrangedoras. Diferentemente de Lina, ela está proibida de dizer que a mentira não faz parte da sua biografia. 



Publicado por Blog da Santa às 10:47 | | Comentar

2 comentários:
De Anónimo a 19 de Agosto de 2009 às 11:40
A secretária Lina, apesar do chumbo grosso que levou da tropa de choque, foi impecável, coerente e acima de tudo confiável, ao contrário de Dilma que tem um histórico de mentiras.

Basearam-se para desacreditá-la em uma agenda, como se todos os encontros do governo fossem oficialmente agendados. Por acaso constava na agenda de Lula os encontros que teve com Collor ou Zé Dirceu?

(Felipe C.)


De Clausewitz a 19 de Agosto de 2009 às 13:17
Olá, amiga. Retornei com endereço novo. Dê o prazer de sua visita. Fraterno abraço


Comentar post

BEM VINDOS!
ORKUT

Página da Santa

Comunidade da Santa
 

POSTS RECENTES

Novo endereço

Até breve!!

QUANTO VALE UM POBRE?

Narcoterroristas da Colôm...

Popular até para os morto...

Atenção! O trem-bala já n...

OS 85 TRIBUTOS COBRADOS N...

Dilma. A mulher "pode" !

Brasil: pós palanque e br...

Lula ressuscita a CPMF pa...

"O pior não é morrer de fome num deserto: é não ter o que comer na Terra Prometida" (José Lins do Rego)
ARQUIVO

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

MAPA ELEIÇÕES ESTADUAIS
Oposição é campeã na disputa pelos Estados (10 vitórias) contra 4 do partido governista.
BLOGS ESTRANGEIROS
  • A Natureza do Mal (Portugal)
  • Abulafia (México)
  • Abrupto (Portugal)
  • AEA(Portugal)
  • Astrolabio(Chile)
  • Bellxone(França)
  • Blog-sem-filtros(Portugal)
  • Betty Branco(Portugal)
  • COGIR (Portugal)
  • Das Pipi Pausa (Chile)
  • Dispersamente(Portugal)
  • Dra.Daniela Mann(Portugal)
  • El Escarabajo gris
  • Estados Gerais (Portugal)
  • Fado Falado (Portugal)
  • Fases da Lua Cheia (Portugal)
  • Foto Escrita (Portugal)
  • Impressões(Inglaterra)
  • In Mente (Portugal)
  • Kurika (Portugal)
  • Martha Clmares(Venezuela)
  • Menina Marota(Portugal)
  • Mixtu (Espanha)
  • Inquetudes(Espanha)
  • Novo Mundo(Portugal)
  • Nuvolaglia (Peru)
  • O Insurgente(Portugal)
  • Olhos de Órus(Portugal)
  • Os Intensos (USA)
  • Pisconight (Portugal)
  • Sabedoria(Portugal)
  • Ser Rizomático (Espanha)
  • Só Verdades(Portugal)
  • V-P(nieto) (Portugal)
  • Xnem(Barcelona)
  • BLOGS BRASILEIROS
  • A Marvada Pinga
  • A Moita do Moita
  • A Nova Corja
  • A Casa do Zé Carlos
  • As Culturas Reagem
  • Alquimistas do Brasil
  • Abuláfia
  • Arte Incomum
  • Arte de Fazer
  • Arte Popular
  • Apoio Fraterno
  • Abrindo Janelas
  • Alerta Brasil
  • Angelo da Cia
  • Amor Natural
  • Aqui não, Genésio
  • Aparte
  • ArtMonta
  • Arte Pública Blog
  • Bento vai pradentro
  • Boa Temática
  • Blog do Arlan
  • Blog do Carlos Caldas
  • Blog do Clausewitz
  • Blog de Daniel Butzke
  • Blog do Fábio Mayer
  • Blog do Ferra Mula
  • Blog do Hynkel
  • Blog do Joca
  • Blog do Maninho
  • Blog do Tunico
  • Blog do Tunico 2
  • Blog da Juju
  • Blog da Loba
  • Blog da Magui
  • Blog do Patrick
  • Blog da Nariz Gelado
  • Blog do Tambosi
  • Blog do Sombr4
  • Blog do Ozéas
  • Blogs Coligados
  • Blogando Francamente
  • Brazil Liberdade e Democracia
  • Brazil Business
  • Business Opportunites
  • Cadinho Roco
  • Camarada Arcanjo
  • Caótica
  • Cláudia Perrotti
  • Clenira Melo
  • Chega Mais
  • Circo Sem Futuro
  • Contos e Encontros
  • Contos que conto
  • Connaction
  • Coisas Caseiras
  • Contra o Vento
  • Cosmologia: ciência e arte
  • Culturas Híbridas
  • Da indignação à Ação
  • Desabafos do Amor
  • Deu no Jornal
  • Devaneios de Lilith
  • Diplomatizzando
  • Doutro Lado do Mar
  • Eduardo Souza
  • Educa Fórum
  • Equilíbrio
  • Em Outras Palavras
  • Escrevinhações
  • Estórias Essenciais
  • Ex-petista
  • Expectativas Racionais
  • Fabiana Melo
  • Fábio Mayer
  • Falares
  • Fermento Cínico
  • Flor de Lis Branca
  • Giocomo
  • Frodo Balseiro
  • Gazeta Cultural
  • Grupo da Quinta
  • Idéias e Histórias
  • Ilustrada PPG
  • Indecência Verde Amarela
  • Jus Indignatus
  • Kafe Roceiro
  • Lata Mágica
  • Leão Nazareno
  • Leite, Luz e Linha
  • Lesados em Geral
  • Lena Casas Novas
  • Limpa Brasil
  • Lucasivuca
  • MaGenCo
  • Maria B
  • Maria Oliveira
  • Meu Primeiro Bebê
  • Memorial IAC
  • Meus Ditos
  • Mini contos cotidianos
  • Minimínimos
  • Minuto Político
  • Netuno
  • Miolo de Pote
  • Nacionalista
  • Novas - Vera
  • O Copista
  • O País da Piada Pronta
  • O que pensa Aluízio
  • O Carapuceiro
  • Olhos de Marina
  • Outras Letras
  • PT Nunca Mais
  • Palavras ao Leu
  • Pensar Político
  • Pedra Fundamental
  • Pérolas aos Porcos
  • Plenos Pecados
  • Poemas e Amores
  • Porto das Crônicas
  • Por Cuba Livre
  • Por Outro Lado
  • Por um Novo Brasil
  • Pinkart
  • Pobre Pampa
  • Postura Ativa
  • Quintal do Leão
  • Ramses Séc XXI
  • Resistência
  • Rodrigo Constantino
  • Rótulo
  • Serjão comenta do céu
  • Sei.Não.Maga
  • Simpatia e Esculacho
  • Sobesta Blog
  • Soube?
  • Som Barato
  • Star Sasa
  • Toque das Ruas
  • Toca do Calango
  • Toca dos Seis
  • Tubarão
  • Santa do Blog
  • Uni-verso In-verso
  • Vaca Atolada
  • Varal de Idéias
  • Verbi Gratia
  • Vida Nova
  • Vôo Subterrâneo
  • Vox Libre por Antonio Rayol
  • Walter Carrilho
  • Zigue-zagueando
  • Contraditório
  • Jean Scharlau
  • Zé Povo
  • Novembro 2010
    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab

    1
    2
    3
    4
    5
    6

    7
    8
    9
    13

    16
    17
    18
    20

    21
    22
    23
    24
    26
    27

    28
    29
    30


    Brasileira em Lisboa, Portugal
    blogs SAPO
    tags

    “força aérea

    300

    80 anos de bento xvi

    aeronáutica

    affonso romano

    agência nacional de aviação civil

    água

    alimentação medieval

    alinhamento ideológico

    amarildo

    ancine

    andre desek

    anibal phillot

    animação

    ariano suassuna

    arquitetura

    arsenal

    arte

    arte brasileira contemporânea

    arte contemporânea

    arte pop

    arte pública

    artes visuais

    assalto

    assédio

    assembléia legislativa de perrnambuco

    atendimento aos municípios

    bacanal

    banco do brasil

    bento xvi

    bienal

    bloogueiros portugueses

    bobagens

    bolívia

    boris kossoy

    boris nikoláyevich yeltsin

    brasil

    bruna putistinha

    bruna surfistinha

    caetano veloso

    caetés

    campanha na rede

    cansei

    caos aéreo

    caricatura

    carlos wilson

    cartel

    células-tronco

    cenografia

    censura no brasil

    charge

    christina fontenelle

    cidades

    cinema

    classe média

    clement greenberg

    clodovil

    co-rio

    combater ao crime

    comissão de constituição e justiça do se

    comunicação

    congressistas

    congresso nacional

    conselho nacional de cinema

    controlador de vôo

    corrupção no brasil

    cow parade

    cow parade no brasil

    cpi do apagão

    crime

    crítica de arte

    culinária temática

    curadoria

    cursos

    diogo mainardi

    escultura

    fotografia

    governo

    governo do pt

    governo lula

    humor

    impunidade

    lei rouanet

    literatura

    lula

    mec

    minc

    patrocínio cultural

    poéticas

    política

    política cultural

    política pública

    políticas públicas

    prefeitura são paulo

    pt

    segurança

    turismo

    universidade

    violência

    violência urbana

    todas as tags