5 comentários:
De Anónimo a 15 de Março de 2009 às 04:14
Sem rival. Nunca uma música e uma voz pertenceram-se tanto.


De a 15 de Março de 2009 às 13:02
Comovente!


De Anónimo a 15 de Março de 2009 às 13:17
O Brasil é mesmo um País sem memória. Não fosse um ou outro meio de comunicação lembrar de uma grande figura brasileira, que não por acaso, no Brasil viveu no ostracismo mas que foi tão venerada no exterior pelo talento, continuaríamos na ignorância sobre nossa cultura. Por encrivel que pareça, mas foi a Beija Flor, anos atráz homegeou Bidu Sayão com um memoravel samba-enredo e, me parece que a maravilhora soprano participou.



De GUILHERME CIMINO a 15 de Março de 2009 às 13:24
Esse país não tem memória!

Em 95, até a imprensa achou exótico o tema da Beija-Flor de Nilópolis, "Bidu Sayão e o Canto de Cristal"!

"Neste palco surge ela, Bidu Sayão
Sacudindo a passarela, quanta emoção
E a minha Beija-flor, "vem aplaudir"
"Bachianas" e "O Guarani".


De duda a 15 de Março de 2009 às 19:19
Assisti os vídeos. Simplesmente fantásticos!


Comentar post