33 comentários:
De Flor de Lis Branca a 27 de Agosto de 2006 às 08:14
Hunnnn....Quem não se arriscou na infância correr por aí?? Bom domingo


De Lu a 27 de Agosto de 2006 às 08:18
Uma paisagem que nos leva as tardes furtivas de meninos e meninas. O melhor era deitar no chaão e espiar a água pelas frestas.


De Caótica a 27 de Agosto de 2006 às 09:04
Tudo o que eu estou precisando!!!
Ainda mais depois de ler o artigo "Está faltando Ziriguidum" da socióloga
Maria Lucia Barbosa.Está lá no blog, Santa.


De Passarim a 27 de Agosto de 2006 às 09:42
Santa,

Esse Pier me uma vontade de ver o mar, muita água, chuva a beira mar, ar umido, brisa levemente molhada. Aqui começa a chover, mas é pouco. A visita é de passagem rápida, mas o prazer é grande. Abs Jarbas


De Betinha a 27 de Agosto de 2006 às 10:22
Lembro quando criança de ir uma só vez brincar na beira de um rio.Impossível esquecer! Bom domingo para todos.


De Nido a 27 de Agosto de 2006 às 10:25
É Santa, ninguém é de ferro. É preciso olhar para as coisas simples, e que nos dão prazer e tranquilidade.


De magarça a 27 de Agosto de 2006 às 10:45
Que paraíso!


De Orlando Tambosi a 27 de Agosto de 2006 às 10:46
Eita, vida burguesa! (rá rá rá).

Aproveite, Santinha.

Bj


De Rodrigo Xavier a 27 de Agosto de 2006 às 11:59
Ah, então é para destilar veneno hem! Aguarde-me. Daqui há duas semanas, se possível, estarei provocando com o meu. E pagarei com a mesma moeda: uma ou outra foto para desejarem estar no meu lugar.

Abraços e divirta-se.


De Serjão a 27 de Agosto de 2006 às 13:03
Santa, querida:
O Globo não permite mais links nem cópias de conteúdo. Todavia o acesso é gratuito só exigindo um cadastro; Tente ler a de ontem que vale a pena; Um forte abraço


Comentar post