Domingo, 3 de Fevereiro de 2008
a imagem é do excelente altovolta


São muitas notícias ruins e respostas desastrosas num intervalo de apenas 30 dias.

Definitivamente, 2008 não começou bem para Lula. O início do ano foi marcado ainda pela derrota do governo na sua tentativa de prorrogar a CPMF. Para compensar a perda de receitas, os ministros da Fazenda e do Planejamento anunciaram o aumento de impostos. Sendo em sua própria essência negativa, inclusive, por conta da quebra de acordos públicos firmados com a oposição, foi a primeira notícia de impacto do ano.

Logo em seguida, todos veículos de comunicação passaram a destacar o inesperado retorno da febre amarela, com a morte de mais de uma dezena de pessoas. Sugerindo incompetência governamental na área da saúde, os telejornais mostraram centenas de pessoas em filas nos postos de vacinação.

Em entrevista a revista Piauí, provavelmente, para atingir Tarso Genro, José Dirceu afirmou que a sede do PT de Porto Alegre foi construída com dinheiro de caixa dois. Avivando o escândalo do mensalão. Depois, nessa mesma temática, passamos a acompanhar os depoimentos dos envolvidos na quadrilha dos 40, principalmente os de Marcos Valério e Delúbio Soares (ambos afirmando que toda a cúpula do PT tinha conhecimento de suas operações voltadas para fazer caixa dois, para compra de base parlamentar e para enriquecimento).

Posteriormente, a impressa noticiou o significativo aumento do desmatamento na floresta amazônica. Diante da grande repercussão internacional, alguns membros do governo, inclusive o próprio Lula, questionaram os próprios dados oficiais. Entretanto, o ministro Sérgio Resende, da Ciência e Tecnologia, desmentiu e constrangeu a todos ao afirmar que os dados estão corretos. Como se não bastasse, Lula diz que não existem culpados e que o problema é apenas uma coceira que todos pensam ser algo mais grave.

Em seguida, novo escândalo é gerado pelo uso indevido de cartões corporativos por vários ministros e outros auxiliares do presidente. Tendo como resultado a saída da ministra Matilde Ribeiro da pasta da promoção da igualdade racial. Mais um ministro, o oitavo, que deixa o governo após denúncias de imoralidade administrativa. Ironicamente, Matilde saiu reclamando da falta de igualdade de tratamento ao dizer que não era a única a cometer irregularidades administrativas pelo uso indevido do cartão corporativo da Presidência da República. Vale salientar que Lula não a demitiu. Ao receber seu pedido de exoneração, Lula a elogiou, agradeceu e lamentou seu desligamento do governo. Em outras palavras, foi como se Presidente dissesse: "Matilde, companheira, que azar o seu de ser pega. Que sirva de exemplo para os demais ministros. Quem for pego, sai".

Depois houve a polêmica nomeação, na iminência de mais um apagão, de Edison Lobão para o Ministério de Minas e Energias, e a, conseqüente, posse de seu atrapalhado filho, e, suplente, no Senado. A cobertura da impressa foi implacável contra a escolha.

No contexto externo, a crise americana que tem provocado incertezas globais, certamente, contribuiu para a grande retirada de investimentos estrangeiros do Brasil neste último mês. O alerta vermelho foi acionado.

Enfim, são muitas notícias ruins e respostas desastrosas num intervalo de apenas 30 dias.

Mais do que ninguém, Lula sabe que más notícias se combatem com boas notícias, mesmo que fabricadas. Assim, Dilma Rousseff foi escalada para fazer um balanço-propaganda do PAC. Porém, a estratégia não deu bons resultados. A cobertura da imprensa foi negativa para o governo. Houve ênfase no fracasso da execução do programa, porque de acordo com os números do Planalto, dos 16,5 bilhões de reais reservados para o PAC em 2007, só 4,5 bilhões foram gastos, ou seja, 27%.

Tudo indica que o arsenal disponível para pirotecnias e factóides está muito desgastado. Dificilmente, a estratégia de viajar pelo país anunciando investimentos continuará sendo bem sucedida. Com o tempo, considerando que os investimentos em infraestrutura continuam insignificantes, quando comparados ao pagamento de juros (em 2007, o Brasil pagou mais de R$ 160 bilhões, ou 6% do PIB), por exemplo, todos perceberão que o PAC não passa de uma espetacular jogada de marketing político.

Por tudo isso, será o retorno da urucubaca? Para quem não lembra, em 2005 no auge das denúncias de Roberto Jefferson, Lula, usando este termo, reclamou da falta de sorte. Bem, se há algo que Lula não pode se queixar é de falta de sorte. Afinal, começou o carnaval.


"O retorno da urucubaca?" Por André Regis

(André Regis, é Ph.D. em Ciência Política pela New School for Social Research de Nova York, Doutor em Direito pela UFPE. Conselheiro Federal da OAB)




Publicado por Blog da Santa às 14:17 | | Comentar

8 comentários:
De Duda a 3 de Fevereiro de 2008 às 14:47
Excelente o artigo. O retrato falado da urucubaca dos incompetentes e espertos.


De Saramar a 3 de Fevereiro de 2008 às 16:04
Santa, creio que devemos nos perguntar se o ano começou mal para o Lula e seus acólitos ou para o nosso país.

Todas as dificuldades listadas no artigo, mais que o presidente, atingem diretamente o cidadão brasileiro: as epidemias, tanto a do Aedes aegypti quanto a de ministros suspeitos; o já conhecido abuso na utilização dos cartões de crédito corporativos; etc.,enfim, o mais, sempre mais do mesmo.

Se Lula da Silva e seu partido, ano a ano, são atingidos pelas consequências de sua omissão e pela arrogância típica dos incompetentes, os cidadãos brasileiros sofrem muito mais, em seu bolso e, principalmente, em sua dignidade, uma vez que o governo (?) nos afronta cotidianamente com atitudes indignas.

Por isso, creio que, se o ano começa mal para Lula, começa muito pior para nós que trabalhamos para manter o país funcionando a despeito de seus governantes.

beijos e confetes (de açúcar).


De Toque das ruas a 3 de Fevereiro de 2008 às 16:19
O comentário da Saramar completa o artigo. Ambos muito bons!


De Anónimo a 3 de Fevereiro de 2008 às 17:21
Brasil cai em ranking de liberdade econômica

O Brasil ficou em 101º lugar num ranking que mede o grau de liberdade econômica em 141 países, dividindo a colocação com países como Haiti, Etiópia, Sri Lanka e Paquistão. O relatório anual, compilado pelo Fraser Institute, do Canadá, se baseou em dados de 2005, considerando quatro aspectos para avaliar os países: a liberdade pessoal de escolha, o intercâmbio voluntário, a liberdade para competir e a segurança da propriedade privada. Para conseguir um alto índice de liberdade econômica, os países precisam promover um ambiente financeiro estável, em que a propriedade privada é protegida, respeitar contratos, reduzir barreiras ao comércio nacional e internacional e manter os impostos baixos. http://www.bbc.co.uk/


De (ALGUÉM DEVE SABER RESPONDER ESTAS PERGUNTAS) a 3 de Fevereiro de 2008 às 19:49
1. Por que o presidente do povo usa terno Armani?
2. Por que o presidente do povo pode ter ensino fundamental incompleto e um gari necessita de ensino fundamental completo?
3. Por que o presidente do povo acumula aposentadoria por invalidez, aposentadoria de dep. federal, pensão vitalícia de 'perseguido político' isento de Imposto de Renda, salário de presidente de honra do PT e salário de presidente da república?
4. Por que o presidente do povo é perseguido político, sendo que passou apenas UMA noite no DOPS? 5. Por que o presidente do povo comprou um avião da concorrente da Embraer?
6. Por que o presidente do povo se aposentou por invalidez apenas por ter um dedo a menos e hoje trabalha como presidente do Brasil?
7. Por que o presidente do povo protege seus amigos comprovadamente corruptos e nunca aconteceu nada com ele?
8. Por que o presidente do povo se vangloria de não ter estudo e ser filho de mãe analfabeta e acha normal ter filhos estudando fora do Brasil?
9. Por que o presidente do povo quando do seu mandato de Dep. Federal, não participou da vida parlamentar do Congresso?
10. Por que o partido do presidente do povo tem ligação com as FARC e ninguém comenta isto?
11. Por que a mulher do presidente do povo não faz absolutamente nada?
12. Por que o presidente do povo não sofreu impeachment como o Collor sofreu?
13. Por que a candidata Heloísa Helena foi expulsa do PT e o José Dirceu (dep.cassado) e Antonio Palocci (indiciado por quebra ilegal de sigilo bancário e outros crimes) não o foram?
14. Por que o presidente do povo nunca soube das coisas do partido e do governo dele, MAS SABE DE TUDO SOBRE OS GOVERNOS ANTERIORES?
15. Finalmente, a pergunta mais difícil de todas: Por que tantos intelectuais, cientistas, professores universitários, reitores e outros membros da nata do país continuam apoiando o presidente do povo?

Alguém sabe pelo menos uma das respostas?

POR FAVOR ENVIEM PARA O MAIOR NÚMERO DE PESSOAS POSSÍVEL.


De Brasil Esperança a 3 de Fevereiro de 2008 às 23:14
Não existe articulação entre as instituições, tais como OAB, Igrejas Católicas e Evangélicas,
Rotary, Lions, Universitários, Imprensa escrita, falada e TV, meio artístico,porque provavelmente no passado foram usados e traídos pelos atuais detentores do poder e por aí vai. Não existe oposição.
Tudo o que falta hj, o PT sempre soube fazer e explorar com certo
requinte.A única esperança é que alguns patinhos feios do PMDB se rebelem e comecem a sacudir a poeira da esplanada.Na época do regime militar, haviam programas humoristicos que criticavam o governo,destaque p/ Jô Soares, Chico Anísio,e outros, havia um jornalista chamado Ferreira Neto que também fazia um jornalismo critico e um tanto despojado, com entrevistas, hoje com este porre de democracia liberou geral, ninguem se manifesta,e qdo acontece vejam o que aconteceu c/Boris Casoy,Salete???Cajuru, se não é a internet, não existe espaço para discusão, exceção seja feita a alguns jornalistas. Peças teatrais, filmes criticos, nem pensar. Esse pessoal dependem do governo p/liberação de verbas para financiar seus projetos, na verdade a grosso modo estão todos por assim dizer de rabo preso.O País está tomado de uma apatia geral.Quando que em um país sério estas coisas acontecem e fica tudo por isso mesmo? Nunca, já passou da hora de os brasileiros chutarem o balde.


De Nick!! a 5 de Fevereiro de 2008 às 09:25
Do mensalão à tapioca. Entre tantas coisas negativas da imprensa, é a irresponsabilidade a pior de todas. Pelo simples denuncismo, jogaram para a fila da vacinação quem não tinha motivos para tomá-la. Por má informação dos seus profissionais, convenceram milhares de pessoas a correrem todos os riscos de efeitos colaterais. Nem ao menos podem, honestamente, se vangloriar de investigar o governo, pois é o próprio quem se investiga, como no caso da Ministra Matilde, apontada pela CGU, antes mesmo da imprensa. E agora essa da tapioca do ministro. Tanto alarde, por 8,50!
Faço votos que nenhuma urucubaca vá pegar. Nem São Pedro ajudou a oposição.


De Anónimo a 6 de Fevereiro de 2008 às 11:07
E agora começou também a chuva, né, Santa, que vai encher os reservatórios, aí vem a cambada dizer que o apagão não aconteceu pela competência do sr Lulalau.
Tá bom.


Comentar post

BEM VINDOS!
ORKUT

Página da Santa

Comunidade da Santa
 

POSTS RECENTES

Novo endereço

Até breve!!

QUANTO VALE UM POBRE?

Narcoterroristas da Colôm...

Popular até para os morto...

Atenção! O trem-bala já n...

OS 85 TRIBUTOS COBRADOS N...

Dilma. A mulher "pode" !

Brasil: pós palanque e br...

Lula ressuscita a CPMF pa...

"O pior não é morrer de fome num deserto: é não ter o que comer na Terra Prometida" (José Lins do Rego)
ARQUIVO

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

MAPA ELEIÇÕES ESTADUAIS
Oposição é campeã na disputa pelos Estados (10 vitórias) contra 4 do partido governista.
BLOGS ESTRANGEIROS
  • A Natureza do Mal (Portugal)
  • Abulafia (México)
  • Abrupto (Portugal)
  • AEA(Portugal)
  • Astrolabio(Chile)
  • Bellxone(França)
  • Blog-sem-filtros(Portugal)
  • Betty Branco(Portugal)
  • COGIR (Portugal)
  • Das Pipi Pausa (Chile)
  • Dispersamente(Portugal)
  • Dra.Daniela Mann(Portugal)
  • El Escarabajo gris
  • Estados Gerais (Portugal)
  • Fado Falado (Portugal)
  • Fases da Lua Cheia (Portugal)
  • Foto Escrita (Portugal)
  • Impressões(Inglaterra)
  • In Mente (Portugal)
  • Kurika (Portugal)
  • Martha Clmares(Venezuela)
  • Menina Marota(Portugal)
  • Mixtu (Espanha)
  • Inquetudes(Espanha)
  • Novo Mundo(Portugal)
  • Nuvolaglia (Peru)
  • O Insurgente(Portugal)
  • Olhos de Órus(Portugal)
  • Os Intensos (USA)
  • Pisconight (Portugal)
  • Sabedoria(Portugal)
  • Ser Rizomático (Espanha)
  • Só Verdades(Portugal)
  • V-P(nieto) (Portugal)
  • Xnem(Barcelona)
  • BLOGS BRASILEIROS
  • A Marvada Pinga
  • A Moita do Moita
  • A Nova Corja
  • A Casa do Zé Carlos
  • As Culturas Reagem
  • Alquimistas do Brasil
  • Abuláfia
  • Arte Incomum
  • Arte de Fazer
  • Arte Popular
  • Apoio Fraterno
  • Abrindo Janelas
  • Alerta Brasil
  • Angelo da Cia
  • Amor Natural
  • Aqui não, Genésio
  • Aparte
  • ArtMonta
  • Arte Pública Blog
  • Bento vai pradentro
  • Boa Temática
  • Blog do Arlan
  • Blog do Carlos Caldas
  • Blog do Clausewitz
  • Blog de Daniel Butzke
  • Blog do Fábio Mayer
  • Blog do Ferra Mula
  • Blog do Hynkel
  • Blog do Joca
  • Blog do Maninho
  • Blog do Tunico
  • Blog do Tunico 2
  • Blog da Juju
  • Blog da Loba
  • Blog da Magui
  • Blog do Patrick
  • Blog da Nariz Gelado
  • Blog do Tambosi
  • Blog do Sombr4
  • Blog do Ozéas
  • Blogs Coligados
  • Blogando Francamente
  • Brazil Liberdade e Democracia
  • Brazil Business
  • Business Opportunites
  • Cadinho Roco
  • Camarada Arcanjo
  • Caótica
  • Cláudia Perrotti
  • Clenira Melo
  • Chega Mais
  • Circo Sem Futuro
  • Contos e Encontros
  • Contos que conto
  • Connaction
  • Coisas Caseiras
  • Contra o Vento
  • Cosmologia: ciência e arte
  • Culturas Híbridas
  • Da indignação à Ação
  • Desabafos do Amor
  • Deu no Jornal
  • Devaneios de Lilith
  • Diplomatizzando
  • Doutro Lado do Mar
  • Eduardo Souza
  • Educa Fórum
  • Equilíbrio
  • Em Outras Palavras
  • Escrevinhações
  • Estórias Essenciais
  • Ex-petista
  • Expectativas Racionais
  • Fabiana Melo
  • Fábio Mayer
  • Falares
  • Fermento Cínico
  • Flor de Lis Branca
  • Giocomo
  • Frodo Balseiro
  • Gazeta Cultural
  • Grupo da Quinta
  • Idéias e Histórias
  • Ilustrada PPG
  • Indecência Verde Amarela
  • Jus Indignatus
  • Kafe Roceiro
  • Lata Mágica
  • Leão Nazareno
  • Leite, Luz e Linha
  • Lesados em Geral
  • Lena Casas Novas
  • Limpa Brasil
  • Lucasivuca
  • MaGenCo
  • Maria B
  • Maria Oliveira
  • Meu Primeiro Bebê
  • Memorial IAC
  • Meus Ditos
  • Mini contos cotidianos
  • Minimínimos
  • Minuto Político
  • Netuno
  • Miolo de Pote
  • Nacionalista
  • Novas - Vera
  • O Copista
  • O País da Piada Pronta
  • O que pensa Aluízio
  • O Carapuceiro
  • Olhos de Marina
  • Outras Letras
  • PT Nunca Mais
  • Palavras ao Leu
  • Pensar Político
  • Pedra Fundamental
  • Pérolas aos Porcos
  • Plenos Pecados
  • Poemas e Amores
  • Porto das Crônicas
  • Por Cuba Livre
  • Por Outro Lado
  • Por um Novo Brasil
  • Pinkart
  • Pobre Pampa
  • Postura Ativa
  • Quintal do Leão
  • Ramses Séc XXI
  • Resistência
  • Rodrigo Constantino
  • Rótulo
  • Serjão comenta do céu
  • Sei.Não.Maga
  • Simpatia e Esculacho
  • Sobesta Blog
  • Soube?
  • Som Barato
  • Star Sasa
  • Toque das Ruas
  • Toca do Calango
  • Toca dos Seis
  • Tubarão
  • Santa do Blog
  • Uni-verso In-verso
  • Vaca Atolada
  • Varal de Idéias
  • Verbi Gratia
  • Vida Nova
  • Vôo Subterrâneo
  • Vox Libre por Antonio Rayol
  • Walter Carrilho
  • Zigue-zagueando
  • Contraditório
  • Jean Scharlau
  • Zé Povo
  • Novembro 2010
    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab

    1
    2
    3
    4
    5
    6

    7
    8
    9
    13

    16
    17
    18
    20

    21
    22
    23
    24
    26
    27

    28
    29
    30


    Brasileira em Lisboa, Portugal
    blogs SAPO
    tags

    “força aérea

    300

    80 anos de bento xvi

    aeronáutica

    affonso romano

    agência nacional de aviação civil

    água

    alimentação medieval

    alinhamento ideológico

    amarildo

    ancine

    andre desek

    anibal phillot

    animação

    ariano suassuna

    arquitetura

    arsenal

    arte

    arte brasileira contemporânea

    arte contemporânea

    arte pop

    arte pública

    artes visuais

    assalto

    assédio

    assembléia legislativa de perrnambuco

    atendimento aos municípios

    bacanal

    banco do brasil

    bento xvi

    bienal

    bloogueiros portugueses

    bobagens

    bolívia

    boris kossoy

    boris nikoláyevich yeltsin

    brasil

    bruna putistinha

    bruna surfistinha

    caetano veloso

    caetés

    campanha na rede

    cansei

    caos aéreo

    caricatura

    carlos wilson

    cartel

    células-tronco

    cenografia

    censura no brasil

    charge

    christina fontenelle

    cidades

    cinema

    classe média

    clement greenberg

    clodovil

    co-rio

    combater ao crime

    comissão de constituição e justiça do se

    comunicação

    congressistas

    congresso nacional

    conselho nacional de cinema

    controlador de vôo

    corrupção no brasil

    cow parade

    cow parade no brasil

    cpi do apagão

    crime

    crítica de arte

    culinária temática

    curadoria

    cursos

    diogo mainardi

    escultura

    fotografia

    governo

    governo do pt

    governo lula

    humor

    impunidade

    lei rouanet

    literatura

    lula

    mec

    minc

    patrocínio cultural

    poéticas

    política

    política cultural

    política pública

    políticas públicas

    prefeitura são paulo

    pt

    segurança

    turismo

    universidade

    violência

    violência urbana

    todas as tags