De Silvio Vasconcellos a 30 de Agosto de 2006 às 11:18
Santa, nesse um ano de blog aprendi mais que já tinha aprendido a vida toda. Lindo e interessante post.
Interessante também pelo fato de mostrar um processo jurídico do século XVII ainda tão distante da realidade brasileira, onde a maioria dos estupros não são sequer denunciados, por falta de atendimento decente às vítimas e pelo caráter machista de nossa sociedade. Lembra do Maluf de alguns anos atrás? "Quer estuprar, estupra, mas não mata!".


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres