17 comentários:
De nido a 8 de Setembro de 2007 às 10:20
Veja só a ignorância. Em Recife a Prefeitura instalou algumas esculturas de poetas pernambucanos pela cidade, em pontes, praças e ruas. A última é que ao encontrar uma pessoa dormindo no banco ao lado de um deles (poetas) o setor da Prefeitura responsável garantiu que teria mais segurança para evitar que utilizassem o banco para dormir. E daí?.


De Ursula a 8 de Setembro de 2007 às 10:21
E qdo eles modificam prédios antigos? Ao inves de restaurar eles mudam completamente a fachada. isso devia ser proibido...
Beijos


De Clê a 8 de Setembro de 2007 às 10:31
Santa,

Gostei muito do comentário da Ursula. Sinto o mesmo. Sinto falta daquela fachada antiga que já estava incorporada naquela rua. Recife tem muito disso.


De marquinho a 8 de Setembro de 2007 às 12:52
Santa!!!


É muito bom quando você toca nos nossos instintos mais urbanos:))) O popvo da minha cidade querida, Nazaré da Mata, tem muito a aprender!!!


De Maria Oliveira a 8 de Setembro de 2007 às 16:05
Que bonitinho, Santa! Arte lúdica!


De lena casas novas a 8 de Setembro de 2007 às 16:27
Blog político! Adoro.Faz tempo que vc num passa pelo portal.Acabei de lançar aquele continho em livro.


De Freeman a 8 de Setembro de 2007 às 19:16
Olá Santa,
Que bom ouvir você.
Tenho estado meio ausente...Que estória de cirurgia é essa?
Bjão.


De eduardo a 9 de Setembro de 2007 às 11:49
Em muitos países arte-pública é financiada por empresas privadas. Aqui gpúblico e privado só investem em eventos grandes, de música, shows de artistas em sintonia ideológica, com forte apelo eleitoreiro e de marketing. Arte no espaço urbano praticamente desconhecem.


De "Carta Aberta ao Menino Alencar" a 9 de Setembro de 2007 às 11:57
Carta Aberta ao Menino Alencar

Por Arlindo Alexandre

Caro menino Kennedy Alencar, colunista da Folha de S. Paulo. Tenho 70 anos e estou agora apreciando a desinformação massiva que confunde este sofrido e trabalhador povo brasileiro. Desejo que lhe sobre tempo para refletir um pouco sobre a história como um todo, diferente de apreciar detalhes e concluir com a visão de um espaço limitado.

O que você identifica como mentalidade golpista tem um passado histórico rico, na defesa de princípios e valores contrários ao impedimento das liberdades humanas, conquistadas com trabalho e reflexão, com o conhecimento que nos conduziu através da relação científica às tecnologias que hoje permitem melhor qualidade de vida para a humanidade, incluindo a internet, televisão, satélites... muito recentes neste ambiente humano.


De Lata Mágica a 9 de Setembro de 2007 às 11:58
Santa,

Gosto muito quando você aborda arte nas cidades. Parabéns!!
Seus amigos:
Willam&Odilene


Comentar post