De "Queda programada" a 23 de Novembro de 2007 às 15:45
Só o chefão Lula e a velhinha de Taubaté se surpreenderam com a esperada queda do ministro das Relações Institucionais.

Walfrido dos Mares Guia, pediu hoje demissão, depois que foi denunciado hoje no Supremo Tribunal Federal por envolvimento no chamado mensalão mineiro.

O suposto esquema de arrecadação ilegal de recursos nas eleições de 1998 envolveu o ex-governador mineiro e atual senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), o empresário Marcos Valério e mais 12 pessoas.

A denúncia da Procuradoria Geral da República contra Walfrido, Azevedo e companhia tem cerca de 80 páginas e os acusados devem responder por peculato e lavagem de dinheiro, entre outros crimes. No Supremo, o relator do caso é o ministro Joaquim Barbosa.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres