De Vesti Azul a 29 de Outubro de 2006 às 07:41
Compositor Desconhecido



Vesti azul,
pá, pá, pá, pá
Minha sorte então mudou,
pá, pá, pá, pá
Estava na tristeza que dava dá
Vivia amargamente e andava só
Mas eis que de repente me apareceu
Um brotinho lindo que me convenceu
Dizendo que eu devia vestir azul
Que azul é cor céu e seu olhar também
E aquele olhar do broto me confirmou
Vesti azul
Minha sorte então mudou


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres