De Saramar a 21 de Agosto de 2006 às 13:21
Santa, querida, boa tarde.
Li o poema postado lá no Verbi Gratia. Como disse a ele, provocou-me um misto de esperança, de confiança naquilo que certzmente será e uma certa hesitação diante do deve ser feito.
Exatamente como estamos vivendo hoje: ehsitando sobre nossos passos, temendo enfrentar as feras que nos esperam na esquina. E, ao mesmo tempo, com a esperança de amanhã realmente seja outro dia.
Eu tenho confiança, eu tenho fé.
Obrigada.

Beijos


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres