Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

O uso do dinheiro público para tentar eliminar adversários e uma entrevista com Agripino Maia (Reinaldo Azevedo)

Um panfleto de esquerda, financiado pelo lulismo, estampou há dias, na capa, a foto do senador José Agripino Maia (RN), líder do DEM, como um “filhote da ditadura”. O método para fazer “reportagem” — e ponham aspas aí — seguiu o rigor que os esquerdopatas querem ver no que chamam “imprensa burguesa” ou “mídia”: para fazer o perfil do senador, o escriba só falou com os seus inimigos. Vocês sabem: os valentes acham o jornalismo burguês muito parcial...Financiados pelas estatais e pelo leite de pata do oficialismo, eles querem nos ensinar o que é independência. Lixo! E a capa, vejam só, estava na banca antes de quarta-feira passada, 7 de maio, quando a ministra Dilma Rousseff falou à Comissão de Infra-Estrutura do Senado. Já se assistia, portanto, com financiamento público, ao trabalho para queimar uma das vozes mais ativas da oposição. Seu principal crime é opor-se ao lulismo... Vamos à entrevista:

Blog – O sr. é defensor da tortura, senador Agripino Maia? Lendo alguns comentários, fiquei com a impressão que o sr. auxiliava o delegado Sérgio Paranhos Fleury em interrogatórios. É isso mesmo?
José Agripino Maia -
Quem é defensor da tortura não vai buscar entre ex-presos, ex-perseguidos políticos ou ex-exilados, figuras para ser seus principais auxiliares, como fiz quando fui, por duas vezes, governador do meu estado.

Blog – O sr. está tentando se justificar?
JAM –
Não é isso. Mas, se eles, que foram vítimas do regime de exceção, vieram governar comigo, é porque, no mínimo, aprovavam a minha forma de fazer política. Agiram na plenitude de suas convicções. Nunca denunciei nem persegui ninguém por razões ideológicas ou divergências de pensamento.

Blog – Quem são “eles”?
JAM –
O professor Hélio Vasconcelos, a doutora Mailde Ferreira e o doutor Josema Azevedo tinham sido presos políticos, e os doutores José Eufrânio e Leônidas Ferreira também tinham sido perseguidos pelo regime. Estiveram todos no meu governo.

Blog – Por que chamar tantos esquerdistas ou ex-esquerdistas para trabalhar com o sr.? Não havia gente competente com outra ideologia?
JAM –
Justamente porque eram competentes. Também veio o professor Marcos Guerra, um exilado voluntário. Eles formaram o primeiro time da ministra administração. Eram responsáveis pela educação, saúde e Gabinete Civil.

Blog - O que o sr. queria, afinal, com aquela pergunta à ministra Dilma? Provar que, se ela mentiu sob tortura, poderia estar mentindo ali também?
JAM –
Claro que não! Eu queria a verdade apenas. Reconhecendo a perversidade de que ela foi vítima no regime de exceção — e apresentei claramente a minha solidariedade a sua Excelência —, manifestei minha preocupação com a volta ao passado.

Blog – Que volta ao passado? Tortura? Ditadura?
JAM –
Não! A minha indagação era outra.

Blog – Qual era?
JAM –
Queria saber se não é legitimo supor que o Estado, dispondo de informações privilegiadas, também estaria tentando constranger um ex-presidente e toda a oposição. Quem não se lembra do caso Francenildo? Aquilo traduziu o uso de poderes do Estado contra um cidadão modesto. A indignação nacional, no caso, foi tal, que levou à renúncia de um importante ministro [Antonio Palocci]. E o caso do dossiê? Se a minha pergunta constrangeu a ministra, não foi essa a minha intenção e, por isso lhe peço desculpas. Muito menos busquei brilho pessoal, como avaliou o presidente da Republica. Minha pergunta buscava apenas a verdade, que ainda busco, sem agredir ninguém, como é o meu estilo. Daí a minha afirmativa de que aquele era o momento certo de esclarecer tudo.

Blog – Mas, afinal, o que sr. queria saber?
JAM –
O que todo mundo quer: “Quem mandou fazer o dossiê e com que objetivo?”

Blog - No dia 31 de maço de 1964, o senhor tinha 19 anos e um mês. Em dezembro de 1968, quando foi decretado o AI-5, tinha 23 anos. Diga-me, senador: o sr. ajudou a dar o golpe de 1964? O senhor foi um dos signatários do AI-5?
JAM -
Entre 1964 e 1968, anos de chumbo do regime militar, eu era estudante no Rio de Janeiro e me dedicava ao curso de engenharia...

Blog – Ah, o sr. estudava? Muito suspeito...
JAM -
... e buscava o que tantos brasileiros querem: uma profissão e um emprego por merecimento. Nada mais.

Blog - O sr. começou a sua carreira política em 1979, no fim da ditadura, como prefeito de Natal. Disputou a primeira eleição em 1982 e se elegeu governador do Rio Grande do Norte. O sr. se sente um representante da ditadura militar?
JAM -
Fui prefeito nomeado de Natal, é verdade. Mas, quatro anos depois, pelo que pude realizar como prefeito, terminei candidato a governador e, disputando o pleito depois de vinte anos sem eleições, obtive perto de dois terços dos votos apurados. Isso me deu independência para ajudar a construir a redemocratização do país com a eleição de Tancredo Neves no Colégio Eleitoral.

Blog – Quer dizer que o sr. não deu o golpe, não assinou o AI-5, não torturou ninguém, não apoiou a tortura e governou com ex-presos e ex-exilados políticos? E, parece, colaborou com a redemocratização.
JAM -
Apoiei Tancredo, correligionário do meu adversário local, para permitir eleições diretas para presidente. Foi na minha casa, no Rio de Janeiro, que ocorreu a reunião, que coordenei, entre os governadores do Nordeste para sacramentar o fim do regime de exceção.

Blog - Senador, quando a ministra Dilma foi presa, em 1970, ela tinha 23 anos, e não 19, como disse. Infelizmente, ela foi torturada, o que é, de fato, um absurdo. Com tortura ou não, o fato é que, aos 23 anos, ela queria uma ditadura comunista no Brasil e recorreu às armas para isso. Ela disse que vocês estavam em lados opostos. O que o sr. queria, então, com 25 anos?
JAM –
Se, na época, eu já estivesse na vida pública, seguramente estaríamos, de fato, em lados diferentes, pois, se ela recorria às armas para implantar um regime totalitário comunista, eu estaria, como anos à frente estive, lutando pacífica e democraticamente pelo regime de representação popular.

Blog - Alguma vez, em sua vida pública, o sr. defendeu leis de exceção e um estado ditatorial?
JAM -
Nem defendi como governador nem nunca votei como senador nada que atentasse contra as liberdades ou direitos individuais. Pelo contrário: denuncio permanentemente atentados aos direitos humanos como os recentemente praticados, sob o silêncio do Estado brasileiro, pelo governo cubano.

Blog – Qual foi a sua atuação na Frente Liberal, que rachou o PDS, o partido do então governo, para fazer o acordo com Tancredo Neves?
JAM -
Mais do que pioneiro na formação da Frente Liberal, fui talvez o primeiro dos governadores a anunciar publicamente apoio a Tancredo. Isso me custou, além do rompimento com tradicionais companheiros da política local, isolamento e retaliação por parte do governo federal.

Blog - Obrigado, senador. Espero que, num próximo governo, o sr. contrate menos esquerdistas.
JAM –
Reinaldo, a minha preocupação sempre foi contratar gente competente. Sou pluralista, minhas convicções são democráticas.

BlogO sr. não precisa dizer nada. Encerro assim a nossa entrevista: um dos grandes feitos da sua biografia, então, foi ter encontrado esquerdistas competentes.


Matéria completa aqui


Publicado por Blog da Santa às 08:12 | | Comentar

BEM VINDOS!
ORKUT

Página da Santa

Comunidade da Santa
 

POSTS RECENTES

Novo endereço

Até breve!!

QUANTO VALE UM POBRE?

Narcoterroristas da Colôm...

Popular até para os morto...

Atenção! O trem-bala já n...

OS 85 TRIBUTOS COBRADOS N...

Dilma. A mulher "pode" !

Brasil: pós palanque e br...

Lula ressuscita a CPMF pa...

"O pior não é morrer de fome num deserto: é não ter o que comer na Terra Prometida" (José Lins do Rego)
ARQUIVO

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

MAPA ELEIÇÕES ESTADUAIS
Oposição é campeã na disputa pelos Estados (10 vitórias) contra 4 do partido governista.
BLOGS ESTRANGEIROS
  • A Natureza do Mal (Portugal)
  • Abulafia (México)
  • Abrupto (Portugal)
  • AEA(Portugal)
  • Astrolabio(Chile)
  • Bellxone(França)
  • Blog-sem-filtros(Portugal)
  • Betty Branco(Portugal)
  • COGIR (Portugal)
  • Das Pipi Pausa (Chile)
  • Dispersamente(Portugal)
  • Dra.Daniela Mann(Portugal)
  • El Escarabajo gris
  • Estados Gerais (Portugal)
  • Fado Falado (Portugal)
  • Fases da Lua Cheia (Portugal)
  • Foto Escrita (Portugal)
  • Impressões(Inglaterra)
  • In Mente (Portugal)
  • Kurika (Portugal)
  • Martha Clmares(Venezuela)
  • Menina Marota(Portugal)
  • Mixtu (Espanha)
  • Inquetudes(Espanha)
  • Novo Mundo(Portugal)
  • Nuvolaglia (Peru)
  • O Insurgente(Portugal)
  • Olhos de Órus(Portugal)
  • Os Intensos (USA)
  • Pisconight (Portugal)
  • Sabedoria(Portugal)
  • Ser Rizomático (Espanha)
  • Só Verdades(Portugal)
  • V-P(nieto) (Portugal)
  • Xnem(Barcelona)
  • BLOGS BRASILEIROS
  • A Marvada Pinga
  • A Moita do Moita
  • A Nova Corja
  • A Casa do Zé Carlos
  • As Culturas Reagem
  • Alquimistas do Brasil
  • Abuláfia
  • Arte Incomum
  • Arte de Fazer
  • Arte Popular
  • Apoio Fraterno
  • Abrindo Janelas
  • Alerta Brasil
  • Angelo da Cia
  • Amor Natural
  • Aqui não, Genésio
  • Aparte
  • ArtMonta
  • Arte Pública Blog
  • Bento vai pradentro
  • Boa Temática
  • Blog do Arlan
  • Blog do Carlos Caldas
  • Blog do Clausewitz
  • Blog de Daniel Butzke
  • Blog do Fábio Mayer
  • Blog do Ferra Mula
  • Blog do Hynkel
  • Blog do Joca
  • Blog do Maninho
  • Blog do Tunico
  • Blog do Tunico 2
  • Blog da Juju
  • Blog da Loba
  • Blog da Magui
  • Blog do Patrick
  • Blog da Nariz Gelado
  • Blog do Tambosi
  • Blog do Sombr4
  • Blog do Ozéas
  • Blogs Coligados
  • Blogando Francamente
  • Brazil Liberdade e Democracia
  • Brazil Business
  • Business Opportunites
  • Cadinho Roco
  • Camarada Arcanjo
  • Caótica
  • Cláudia Perrotti
  • Clenira Melo
  • Chega Mais
  • Circo Sem Futuro
  • Contos e Encontros
  • Contos que conto
  • Connaction
  • Coisas Caseiras
  • Contra o Vento
  • Cosmologia: ciência e arte
  • Culturas Híbridas
  • Da indignação à Ação
  • Desabafos do Amor
  • Deu no Jornal
  • Devaneios de Lilith
  • Diplomatizzando
  • Doutro Lado do Mar
  • Eduardo Souza
  • Educa Fórum
  • Equilíbrio
  • Em Outras Palavras
  • Escrevinhações
  • Estórias Essenciais
  • Ex-petista
  • Expectativas Racionais
  • Fabiana Melo
  • Fábio Mayer
  • Falares
  • Fermento Cínico
  • Flor de Lis Branca
  • Giocomo
  • Frodo Balseiro
  • Gazeta Cultural
  • Grupo da Quinta
  • Idéias e Histórias
  • Ilustrada PPG
  • Indecência Verde Amarela
  • Jus Indignatus
  • Kafe Roceiro
  • Lata Mágica
  • Leão Nazareno
  • Leite, Luz e Linha
  • Lesados em Geral
  • Lena Casas Novas
  • Limpa Brasil
  • Lucasivuca
  • MaGenCo
  • Maria B
  • Maria Oliveira
  • Meu Primeiro Bebê
  • Memorial IAC
  • Meus Ditos
  • Mini contos cotidianos
  • Minimínimos
  • Minuto Político
  • Netuno
  • Miolo de Pote
  • Nacionalista
  • Novas - Vera
  • O Copista
  • O País da Piada Pronta
  • O que pensa Aluízio
  • O Carapuceiro
  • Olhos de Marina
  • Outras Letras
  • PT Nunca Mais
  • Palavras ao Leu
  • Pensar Político
  • Pedra Fundamental
  • Pérolas aos Porcos
  • Plenos Pecados
  • Poemas e Amores
  • Porto das Crônicas
  • Por Cuba Livre
  • Por Outro Lado
  • Por um Novo Brasil
  • Pinkart
  • Pobre Pampa
  • Postura Ativa
  • Quintal do Leão
  • Ramses Séc XXI
  • Resistência
  • Rodrigo Constantino
  • Rótulo
  • Serjão comenta do céu
  • Sei.Não.Maga
  • Simpatia e Esculacho
  • Sobesta Blog
  • Soube?
  • Som Barato
  • Star Sasa
  • Toque das Ruas
  • Toca do Calango
  • Toca dos Seis
  • Tubarão
  • Santa do Blog
  • Uni-verso In-verso
  • Vaca Atolada
  • Varal de Idéias
  • Verbi Gratia
  • Vida Nova
  • Vôo Subterrâneo
  • Vox Libre por Antonio Rayol
  • Walter Carrilho
  • Zigue-zagueando
  • Contraditório
  • Jean Scharlau
  • Zé Povo
  • Novembro 2010
    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab

    1
    2
    3
    4
    5
    6

    7
    8
    9
    13

    16
    17
    18
    20

    21
    22
    23
    24
    26
    27

    28
    29
    30


    Brasileira em Lisboa, Portugal
    blogs SAPO
    tags

    “força aérea

    300

    80 anos de bento xvi

    aeronáutica

    affonso romano

    agência nacional de aviação civil

    água

    alimentação medieval

    alinhamento ideológico

    amarildo

    ancine

    andre desek

    anibal phillot

    animação

    ariano suassuna

    arquitetura

    arsenal

    arte

    arte brasileira contemporânea

    arte contemporânea

    arte pop

    arte pública

    artes visuais

    assalto

    assédio

    assembléia legislativa de perrnambuco

    atendimento aos municípios

    bacanal

    banco do brasil

    bento xvi

    bienal

    bloogueiros portugueses

    bobagens

    bolívia

    boris kossoy

    boris nikoláyevich yeltsin

    brasil

    bruna putistinha

    bruna surfistinha

    caetano veloso

    caetés

    campanha na rede

    cansei

    caos aéreo

    caricatura

    carlos wilson

    cartel

    células-tronco

    cenografia

    censura no brasil

    charge

    christina fontenelle

    cidades

    cinema

    classe média

    clement greenberg

    clodovil

    co-rio

    combater ao crime

    comissão de constituição e justiça do se

    comunicação

    congressistas

    congresso nacional

    conselho nacional de cinema

    controlador de vôo

    corrupção no brasil

    cow parade

    cow parade no brasil

    cpi do apagão

    crime

    crítica de arte

    culinária temática

    curadoria

    cursos

    diogo mainardi

    escultura

    fotografia

    governo

    governo do pt

    governo lula

    humor

    impunidade

    lei rouanet

    literatura

    lula

    mec

    minc

    patrocínio cultural

    poéticas

    política

    política cultural

    política pública

    políticas públicas

    prefeitura são paulo

    pt

    segurança

    turismo

    universidade

    violência

    violência urbana

    todas as tags