De Grupo da Quinta a 29 de Dezembro de 2006 às 23:15
Chegamos ao término de mais um ano em que duas festas fundem-se: começo-fim; fim-começo. Chegada-partida; partida-chegada; nascimento-nascimento. Que a beleza da afabilidade e o sabor da alegria estejam com todos vocês nessas conjunções felizes e que elas sejam produtoras de intenso amor. Para alumbrar esta festa, além das velas, estrelas, luzinhas, néons, fogos, lágrimas, reflexos e cintilações, enviamos uma luz muito especial, oriunda do espírito de Joaquim Cardozo: a terceira parte de PRELÚDIO E ELEGIA DE UMA DESPEDIDA, escrito em 1952...


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres