De Fazendo o Jogo para o PT? a 19 de Junho de 2007 às 13:53
O homem apontado como chefe de uma organização que explora caça-níqueis em Mato Grosso do Sul e mais três estados, Nilton Cézar Servo, preso desde o dia 4 de junho, quando foi desencadeada a Operação Xeque-Mate, era unha e carne do governo petista.

Amigo de Vavá, irmão de Lula, Servo teve cacife sucificiente no primeiro governo de Zeca do PT para emplacar como diretor-presidente da Lotesul (Lotesul Estadual de MS) um nome de sua confiança, Benedito Nunes Farias, logo no começo da administração petista, em janeiro de 1999.

A Lotesul, que era responsável por autorizar jogos de azar e recolher parte da receita obtida pelo setor, ficou sob o comando de Farias de janeiro a fevereiro de 99.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres