29 comentários:
De Sílvio Vasconcellos do Mini Contos a 19 de Junho de 2007 às 10:43
Muito bem, Santa! Não basta chiarmos e não tomarmos atitudes. Devemos cobrar de nossos representantes a mesma postura que eles nos venderam quando pediram nossos votos.
Se o dinheiro deles entra "por fora" é lá fora que devem ficar.

Sílvio


De Anónimo a 19 de Junho de 2007 às 11:14
Tudo é invenção da imprensa: a gestante, o filho da gestante, o homem que pagava pra gestante. Os bois. As notas frias. O apoio de Lula ao agropecuarista. Aliás, o Renan não existe. O que estou escrevendo é uma ilusão. Você não está lendo. Seu computador não existe. É tudo uma farsa dos americanos. Malditos imperialistas. Eu não estou nem aqui...


De Junior a 19 de Junho de 2007 às 11:17
É o mínimo que o brasileiro pode fazer. Mesmo que não leiam, mas estarão entupidos. Sugiro que caprichem nos títulos dos e-mails.


De Dayse a 19 de Junho de 2007 às 11:20
Se é por falta de espaço fiquem tranquilos. A penitenciária de segurança máxima inaugurada ainda está ociosa. Que essa corja corrupta toda vá para lá.


De Anónimo a 19 de Junho de 2007 às 12:31
Renan é o ultimo romantico deste país, eitâ f* que está custando caro esta.....

Bjs

Marcos Santos


De Clau a 19 de Junho de 2007 às 13:40
Santinha,
Concordo com o anônimo: NADA disso existe, é tudo uma grande ilusão. Vivemos num MAYA político!


De eduardo a 19 de Junho de 2007 às 13:41
Santa,

A foto do Rodney Smith do post já ganhou o blog pelo ano todo. Parabéns!


De Marquinho a 19 de Junho de 2007 às 13:46
O recado está dado, agora mãos aos e-mails. Pode não dar em nada, mas a nossa indignação ficará registrada. E Lula saberá que nem Renan, Vavá ou Gautama entra tão fácil assim, pelo menos em 50% da população.


De Fazendo o Jogo para o PT? a 19 de Junho de 2007 às 13:53
O homem apontado como chefe de uma organização que explora caça-níqueis em Mato Grosso do Sul e mais três estados, Nilton Cézar Servo, preso desde o dia 4 de junho, quando foi desencadeada a Operação Xeque-Mate, era unha e carne do governo petista.

Amigo de Vavá, irmão de Lula, Servo teve cacife sucificiente no primeiro governo de Zeca do PT para emplacar como diretor-presidente da Lotesul (Lotesul Estadual de MS) um nome de sua confiança, Benedito Nunes Farias, logo no começo da administração petista, em janeiro de 1999.

A Lotesul, que era responsável por autorizar jogos de azar e recolher parte da receita obtida pelo setor, ficou sob o comando de Farias de janeiro a fevereiro de 99.


De liliane a 19 de Junho de 2007 às 13:56
Mais uma vez adiada a votação do relatório Renan. É o tempo de fazer mais pressão.


Comentar post