31 comentários:
De Toque das ruas a 23 de Março de 2007 às 12:07
Que susto bom! Santa, agradeço a referência ao meu blog (também gosto muito dessa imagem: é emblemática). Só uma correção, o nome do blog é Toque das ruas..Beijos.


De Duda a 23 de Março de 2007 às 12:10
Sou a favor que se abra CPI em todos os casos suspeitos de desvio de conduta e do dinheiro público, apesar de não acreditar em cadeia nesse governo. Estou com a Maria Oliveira "O STF serviu até agora mais para livrar os malandros de qualquer punição. É só lembrar de Silvinho - Landério,Genoino...", Também, os petistas e amigos de Lula pegos em dossiê, caso Celso Daniel, e outros tantos governistas e parlamentares envolvidos em escândalos em crimes de corrupção.


De Magui a 23 de Março de 2007 às 13:48
Sinceramente? A pressão devia ser encima do Ministério Público.Os deputados fazem muita festa mas parece que a cachaça anda solta porque acaba, todo mundo, sem saber para onde ir.


De Anónimo a 23 de Março de 2007 às 14:16
parabéns santa! apesar do seu blog ser de direita a maioria dos comentaristas estão de acordo com o governo. Não existe uma CPI sem foco.


De Fabiana a 23 de Março de 2007 às 14:20
A maioria o que cara pálida! Leia com atençaõ os comentários. E da próxima vez não venha de anônimo. Isso é falta de caráter. tem tudo a ver com o post.


De Silvio Vasconcellos a 23 de Março de 2007 às 14:22
Como eu e o Daniel adoramos conversar com a Santa e seus discípulos, colo aqui o comentário-resposta que havia feito direto no blog do Daniel:

Gostaria de esclarecer que não sou contra investigações, seja de quem for. Só não acho que devam ser feitas por deputados com telhados de vidro. A república tem instrumentos muito melhor definidos do que por legisladores no papel de investigadores. Nós os pagamos (e muito bem!) para analisar os problemas brasileiros e propor mudanças. Não para fazer investigações paralelas, na maioria das vezes amparadas pelo que já foi visto pela polícia federal e pelo MP.
Quanto ao saldo das CPIs do ano passado, confesso que, para mim foi frustrante. Escancaradamente a ferida estava aberta e foi colocado um bandeide. Os mesmos que acusam são os que se valem das frestas para apropriar-se do que é público. Não posso crer que aqueles que estavam no poder e o deixaram agora são santos, como nunca acreditei que os que agora lá estão devam ser canonizados. O problema é anacrônico e endêmico. Nossa sociedade viveu séculos sob uma estrutura doente de favorecimentos, de confusão do que é privado e público, com conchavos e indicações de políticos em contraponto ao reconhecimento profissional.


De Patrício no Pilar a 23 de Março de 2007 às 15:04
Quem é vc santa ??/ que blog mais original ... sensacional... olha te convido a conhecer o meu...fala com humor e contundência a respeito de um politico caloteiro e suas contradições... adivinha quem é ??? facil de saber...bjs e sucesso


De Mário a 23 de Março de 2007 às 16:17
Santa, resulte no que resultar, acho sim que vale a pena o esforço de uma CPI. Aquele que acompanha de perto a política nacional, consegue obter muita informação nessas CPIs. A sociedade se pergunta se adianta algo, já que normalmente CPIs acaba em pizza. Nisso eu discordo porque, acabando ou não em pizza, apenas o incauto engole a fatia. Quem observa com rigor, tira conclusões importantes e também tira o voto que daria para eventuais investigados que a CPI revelou. Notório para mim é o caso do João Paulo Cunha (PT). E daí que ele continuou lá mesmo depois de todas as denúncias que o envolveram? Sempre simpatizei com ele, mas se depender do meu voto ele jamais terá outra chance na política tupiniquim. Óbvio que não depende do meu voto, nem precisa dele, mas depois da CPI descobri quem ele de fato é. Por isso, transferi meu voto para outro melhor. Abraços, Mário.


De tunico a 23 de Março de 2007 às 16:22
Que pena se não houver CPI. Mesmo que acabe em pizza, uma CPI bem barulhenta agita e mostra as faces ocultas dos participantes.Além do que dá bastante assunto para nós.E atrapalha mais o PAC.
E como dizia um velho político matreiro: CPI a gente sabe como começa mas não sabe onde ela vai parar.Vejam o exemplo da CPI dos Correios.Deu na denúncia do mensalão.


De Junior a 23 de Março de 2007 às 16:30
Santa,

Gostei muito de saber com mais detalhe as trambicagens na Infraero. Como você sabe aqui em Nazaré não chega jornal e os artigos que vc coloca no blog ajudam eclarecer. Sou a favor da CPI do Apagão.


Comentar post