De O Alerta a 26 de Julho de 2006 às 11:16
Capitão do Exército, denunciado na Carta Capital por negociar devolução de fuzis com traficantes, foi candidato a deputado pelo PT

Por Jorge Serrão - Exclusivo - Uma informação eleitoral vai alimentar a polêmica gerada pela revista Carta Capital sobre a suposta negociação entre militares do Exército e traficantes para o teatrinho que foi a devolução, na favela da Rocinha, de dez fuzis e uma pistola – roubados de um quartel, em março deste ano. Um dos oficiais citados no (negado) acordo com os bandidos para pôr fim a intervenção militar contra o tráfico no Rio de Janeiro é o capitão Aílton Gonçalves Moraes Barros. Apenas por mera coincidência, o capitão foi candidato a deputado estadual pelo Partido dos Trabalhadores (número 13.599), na eleição passada, segundo a ONG Transparência Brasil.

http://alertatotal.blogspot.com/


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres