37 comentários:
De FORA PETRALHADA a 26 de Setembro de 2006 às 21:25
É isso aí.

Compulsão pelo PODER
Narcisismo por querer se comparar a DEUS
Atos falhos dizer que "NÃO SABE DE NADA"


De toque a 26 de Setembro de 2006 às 21:52
Os petistas querem ganhar todas e quando se sentem ameaçados, criam um factóide.Como o barulho do PCC não tirou votos de Serra nem de Alckmin, caiu de moda incendiar ônibus, Lula então convoca seus aloprados: Lorenzetti, Freud, Dirceu, Palloci, Delúbio, Valério, Genoíno e Mercadante, e deu com a cara no chão. Taí, Lula e o ministro vejam só - da Justiça, convocados pela Justiça Eleitoral para se explicar. E os meninos até o pescoço no crime da compra de "dossiê".


De pesquisa "escandalosa" a 26 de Setembro de 2006 às 21:55
RIO DE JANEIRO, 26 de setembro (Reuters)

O candidato da coligação PSDB-PFL à Presidência da República, Geraldo Alckmin, classificou nesta terça-feira de "escandalosa" a pesquisa CNT/Sensus, que deu 51,1 por cento das intenções de voto ao presidente e candidato Luiz Inácio Lula da Silva, com vitória no primeiro turno.

"Só falo de coisa séria. Isso é escandaloso. Anote o número hoje e confira o resultado no domingo. Aí você vai ter a resposta", disse Alckmin, antes de conceder entrevista para correspondentes estrangeiros.

Alckmin apresentou números de alguns Estados em que está à frente para demonstrar que as pesquisas não acompanham a dinâmica do eleitorado.

"Estamos em processo de mudança. A pesquisa publicada hoje já é velha porque retrata ontem. As mudanças são tão fortes que os institutos não pegam", declarou.

O candidato voltou a dizer que a investigação sobre a tentativa de compra do dossiê por pessoas ligadas ao PT não pode acompanhar o calendário eleitoral.

"A velocidade que se teve para violar o sigilo bancário de gente pobre não se repete agora para elucidar crimes graves", disse Alckmin, referindo-se ao caseiro Francenildo Costa, que teve seu sigilo bancário quebrado no caso envolvendo o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci.

Alckmin espera que não haja interferência política nas investigações, mas considerou estranha a demora. "Já se passaram 12 dias e não houve quebra de sigilo bancário, telefônico ou fiscal de nenhum dos envolvidos", afirmou.


De Serjão a 26 de Setembro de 2006 às 22:14
Eu tb gosto do jabour. mas sabe que eu tenho um leitor que insiste que eu o nomeie bundão da semana? Se souber de uma pisada na bola dele me avise. Abs de seu devoto


De Ricardo Rayol a 26 de Setembro de 2006 às 23:00
Serjão ele deu uma pisada histórica numa entrega do oscar ao chamar um ganhador de canastrão ehehehehehe

Quanto a Freud nada explica ou explicará.


De Kafé Roceiro a 26 de Setembro de 2006 às 23:13
Sinistro esse governo Lula...Sinistro.


De Zappi a 26 de Setembro de 2006 às 23:45
O problema é ele querer dar uma de Mao Tse Tung (http://strangemansparadise.blogspot.com). Parece-me que várias características do líder chinês estão presentes no líder de Garanhuns...

Por favor apague o post anterior, saiu com o link errado...

Sorte!

Zappi


Comentar post