Terça-feira, 10 de Junho de 2008
Foto: Ricardo Stuckert Radiobrás (Lula e o rei Carlos XVI Gustavo, da Suécia)


Para o Führer Lula, inflação é 'mal' que deve ser combatido por todos. E ele, vai acabar com a gastança?

" A inflação é uma obrigação de todo brasileiro, de cuidar para que ela não aconteça. É do trabalhador que compra, da dona de casa que compra, do empresário que produz, do atacadista que vende, do varejista e do governo" (Lula em seu programa de rádio semanal Café com o Presidente)

No meio dessa estrada agora aparece o primeiro test-drive para valer com Lula. A inflação está de volta ao país. Quem está sofrendo mais são os mais pobres, que gastam a maior parte de sua renda com o consumo de alimentos e tarifas e que formam também a base da popularidade do presidente Lula. Para as famílias com renda até 2,4 salários mínimos, a inflação acumulada em 12 meses é de 8,2%, bem acima dos 5,5% para as que ganham até 33 salários. Cabe lembrar que entre essas últimas, sempre há mais espaço no orçamento para corte de gastos. Já entre os mais pobres, significa comer menos carne ou feijão -- e começar a falar mal do governo.


Publicado por Blog da Santa às 00:05 | | Comentar | ver comentários (9)


Um leilão pela nova CPMF

O governo federal está oferecendo alta remuneração aos governadores em troca de apoio à recriação do imposto do cheque, rebatizado como Contribuição Social para a Saúde (CSS).



Os governadores de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), e do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), já responderam positivamente, atraídos pela promessa de facilidades para a execução de suas obrigações em relação à saúde.
Governadores podem pressionar as bancadas estaduais para votar a favor do novo tributo... A emenda estabelece obrigações para a União, os Estados e os municípios. No caso dos governos estaduais, a obrigação é aplicar em ações de saúde pelo menos 12% de sua receita, nos termos definidos pela emenda.

(A imoralidade)

O projeto em discussão no Congresso já estabelece duas facilidades para os governadores. Eles poderão incluir na conta dos gastos obrigatórios as despesas com juros de dívidas contraídas para programas de saúde. Além disso, terão mais quatro anos para se enquadrar nos critérios da emenda.
O relator ainda poderá, segundo informou na quinta-feira, ampliar essa lista de benefícios, "se isso for importante", como afirmou, para a aprovação do projeto. Como alívio adicional, os governadores poderão descontar da receita usada como base de cálculo dos 12% o dinheiro aplicado no Fundeb, o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação.

(O governo se esconde)

O próprio Executivo, embora cobre dos congressistas a criação de uma fonte de financiamento para a saúde, evita envolver-se diretamente na empreitada. Derrotados no ano passado, quando foi derrubada a CPMF, o presidente da República e seus auxiliares diretos querem evitar novo tropeço.
Sem o envolvimento direto do presidente, os líderes governistas na Câmara enfrentam uma tarefa complicada. O governo dispõe de ampla maioria na Câmara, mas ninguém sabe com certeza quantos deputados estão dispostos a apoiar a criação de um tributo num ano de eleições.

(Falta argumento, não convence)

Mas a questão não se esgota no jogo da mobilização de votos. A situação poderia ser diferente se houvesse um bom argumento a favor da criação da CSS. Simplesmente não há e isso torna o trabalho dos líderes muito mais difícil.
O governo federal não pode alegar falta de dinheiro para atender às despesas previstas na regulamentação da Emenda nº 29. A arrecadação continua crescendo velozmente e o Executivo alardeia ter dinheiro suficiente para criar um fundo soberano. Todo o problema consiste em decidir como será usada a enorme receita proporcionada pelos tributos atuais. Nada justifica, neste momento, a ampliação de uma carga tributária já alta demais para os padrões de um país como o Brasil.

(O governo gasta e o contribuinte paga o pato)

Segundo líderes governistas, o País precisa de um tributo destinado exclusivamente à saúde, para garantir a execução dos programas. É um argumento ridículo. Dinheiro não falta. Faltam decisões corretas sobre como usar recursos públicos. Se a CSS proporcionar R$ 10 bilhões e esse dinheiro for aplicado somente na saúde, o governo simplesmente disporá de maior volume de recursos para moer politicamente, para desperdiçar em ações mal concebidas e mal executadas. O contribuinte pagará e continuará recebendo serviço de péssima qualidade em troca de muito imposto. Essa é a realidade indisfarçável.


Artigo completo aqui no Estadão
imagem


Publicado por Blog da Santa às 00:02 | | Comentar

Segunda-feira, 9 de Junho de 2008

"sociedade de delatores"

A partir da publicação na Gaceta Oficial da Lei Habilitante, que organiza o Sistema Nacional de Inteligência e Contra-Inteligência, a Venezuela é um Estado policial.


O coronel Hugo Chávez fez uso dos desmedidos poderes que lhe foram concedidos por uma Assembléia Nacional quase que integralmente controlada por ele para baixar uma lei de segurança nacional que nada fica a dever à que sustentou o
Partido Nacional Socialista Alemão dos Trabalhadores (Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei - NSDAP) de Hitler no poder, à que deu ares de legalidade aos sangrentos expurgos de Stalin e à que, ainda hoje, submete a população de Cuba ao jugo comunista. A lei venezuelana, aliás, é uma cópia quase fiel da lei cubana. Se a lei for aplicada integralmente - e ninguém duvida que Hugo Chávez o faça -, a Venezuela se transformará, como aconteceu nos países citados, numa nação de amedrontados delatores. Felizmente, a imprensa independente, a Igreja Católica e organizações preocupadas com a defesa dos direitos humanos estão reagindo ao arbítrio. A Academia de Ciências Políticas e Sociais, por exemplo, anunciou que estuda a possibilidade de convocar um referendo derrogatório ou de impugnar a lei no Supremo Tribunal de Justiça. Mas as chances de sucesso de qualquer dessas iniciativas são mínimas. O Conselho Nacional Eleitoral, que poderia organizar o referendo, come na mão de Chávez, e a Suprema Corte é formada por juízes escolhidos a dedo pela mesma mão...

Continua aqui "O Estado policial de Chávez"

Imagem: U
m desfile das unidades SS (força de elite da Alemanha Nazista).



Publicado por Blog da Santa às 09:39 | | Comentar | ver comentários (12)


Para oposição, demissões pioram crise no RS


A queda de três secretários do governo do RS em meio à turbulência política que atravessa a gestão de Yeda Crusius foi avaliada pela oposição como uma "reação tímida" à crise.


Para o presidente da CPI do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, Fabiano Pereira (PT), a queda de homens importantes do governo de Yeda só agrava a crise. "Nós sabíamos que havia uma fraude e que parte do dinheiro foi para enriquecimento ilícito. O que não sabíamos é que também houve financiamento partidário, o que é gravíssimo", afirma. A CPI investiga o desvio de R$ 44 milhões no Detran. Na pior crise de seu governo, Yeda vê auxiliares mais próximos envolvidos por gravações telefônicas feitas pela Polícia Federal e até pelo vice-governador Paulo Feijó (DEM), seu inimigo político declarado. Anteontem, a tucana anunciou a demissão do seu chefe da Casa Civil, Cézar Busatto, do secretário de Governo, Delson Martini, e do chefe do escritório de representação do Estado em Brasília, Marcelo Cavalcante. Busatto caiu após Feijó ter divulgado conversa em que o então titular da Casa Civil reconhecia o uso de estatais do governo gaúcho para financiamento de campanhas eleitorais. Martini, que deve ser convocado pela CPI, é citado por acusados de participar da fraude no Detran em conversas grampeadas pela PF. Busatto disse ontem não se arrepender da conversa que manteve com Feijó. "Não me arrependo porque fui até lá [conversar com Feijó] de peito aberto, para tentar uma aproximação dele com a governadora", disse Busatto. Continua...
Aqui

Foto. G1



Publicado por Blog da Santa às 09:31 | | Comentar

Domingo, 8 de Junho de 2008

Noli Me Tangere

Não há nenhum registro de que Jesus alguma vez tenha rido.


Noli me tangere
são as palavras ditas por Jesus, de acordo com o Evangelho Segundo S. João, para Maria Madalena e que significam "Não me toques" (S.João 20:17). in Sabedoria defunta



Publicado por Blog da Santa às 09:20 | | Comentar | ver comentários (12)


Estes são todos os felizes da foto
:

1) Larissa, filha de Roberto Teixeira; (2) Cristiano Martins, genro de Teixeira; (3) o chinês Lap Chan, do fundo Matlin Patterson; (4) Valeska, filha de Teixeira; (5) Marco Audi, da VarigLog; (6) Lula; (7) Guilherme Laager, então presidente da Varig; (8) Eduardo Gallo, da VarigLog; (9) Santiago Born, do Matlin Patterson; (10) Roberto Teixeira. (De próprio punho, Lula faz uma dedicatória a Audi).

Quem é a personagem onipresente na negociação do começo ao fim, de cabo a rabo?


Ele mesmo: Roberto Teixeira (foto), o “Papai”, o compadre de Lula. Uma dívida bilionária da Varig desapareceu, foi parar numa empresa “podre”. O que se vendeu foi só a parte boa. Teixeira, depois, “arrombou as portas” da Anac para que se permitisse a venda para o consórcio que tinha o tal fundo americano. Lap Chan, o chinês que punha dinheiro na empresa, avisa que a fonte está seca, que é preciso vender a Varig. E impõe a Audi a venda para a Gol. Teixeira, que era advogado de Audi, passa a assessorar os compradores, tanto é que os conduz até a sala de Lula. E hoje? Hoje, ele é advogado de Lap Chan, o mesmo que tirou a escada dos sócios brasileiros, obrigando-os a passar a empresa adiante.

É preciso saber:


a) a TAM estava disposta a dar mais pela Varig?;
b) se a TAM aceitava dar mais, por que o governo só autorizaria a venda para quem aceitava dar menos?;
c) digamos que alguém estivesse escrevendo um roteiro de ficção:

A primeira pergunta que fiz acima já está respondida. Sim, a TAM aceitava pagar mais pela Varig. Muito mais. R$ 670 milhões a mais. Já o resto permanece um ministério, não é mesmo? Ou mais ou menos. Pegadas da Casa Civil – chefiada pela ministra Dilma Rousseff - apareceram na pressão feita na Anac para que a agência deixasse de cumprir sua função e aprovasse logo o negócio. E já se começa a perceber, também, a pressão oficial para que a empresa fosse vendida para a Gol.

Resumo da operação:

- Varig com dívida bilionária: ninguém quer;
- Consórcio compra o enrosco por US$ 24 milhões;
- Anac diz que consórcio não cumpre requisitos legais;
- Teixeira faz lobby; Dilma pressiona Anac e Infraero;
- Dívida bilionária desaparece;
- Varig volta a valer uma fortuna;
- TAM propõe valor inicial de US$ 1,2 bilhão, mas termina oferecendo US$ 738 milhões;
- Impõe-se ao consórcio a venda à Gol por US$ 320 milhões.

Leiam os detalhes deste incrível negócio aqui e aqui


Publicado por Blog da Santa às 09:15 | | Comentar

Sábado, 7 de Junho de 2008

O caso tem tudo para render mais uma CPI...
(mista nãooooooo!!!)


Documentos da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) sobre a venda da VarigLog em 2006, revelam que a elaboração de pareceres foi acelerada para a aprovação do negócio pelo órgão regulador. Em sete dias, a Anac resolveu obstáculos que considerava suficientes para paralisar a operação como legais. Até agora, por sete vezes, a ministra da casa Civil, Dilma Rousseff, negou as acusações de (lobista) que pressionou a Anac para que não fossem criados obstáculos à venda da
Varig.

Juiz vê indício de crime da Casa Civil no caso Varig e pede que investigue Dilma


Fonte



Publicado por Blog da Santa às 00:26 | | Comentar | ver comentários (13)

Sexta-feira, 6 de Junho de 2008

"Conheço figuras importantes que não têm coragem de assumir o homossexualismo", diz Lula

A uma platéia formada por homossexuais, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez na noite de hoje uma confidência rara de suas viagens oficiais pelo mundo. "Conheço figuras importantes que não têm coragem de assumir o homossexualismo", relatou ao abrir a 1ª Conferência Nacional de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transsexuais. "O mundo seria mais alegre se fôssemos menos rígidos com os tabus colocados no caminho ao longo da história. Antes de fazer um discurso considerado "emotivo" pelos participantes do encontro, o presidente não escondeu o desconforto de colocar na cabeça um boné do movimento gay, oferecido pelo travesti Fernando Bevenute. Lula ficou pouco tempo com o boné. Em seguida, posou com uma pequena bandeira do movimento. Só depois ele ficou mais descontraído. Lula abriu o discurso reconhecendo a dificuldade de participar de um evento voltado para gays. "Não é fácil para um presidente da República no Brasil ou em outro país do mundo participar de um evento que envolve um segmento tão grande, heterogêneo e com pessoas que sofrem preconceitos, não é fácil", disse. "Quando o Toni (Reis) disse que nunca antes na história deste planeta foi realizado um evento como este, eu fico orgulhoso.

Na cx de comentário

Daniel J. Butzke disse... "Santa, E não passaram na conferência aquele vídeo em que Lula tira sarro do povo de Pelotas , falando que a cidade é "um polo explorador de veados"?

Da Agência Estado/ Foto: Parada Gay Rio


Publicado por Blog da Santa às 07:39 | | Comentar | ver comentários (15)



A combinação de cinco fatores principais desencadeou uma alta média de 57% nos preços dos alimentos entre 2007 e 2008. O trigo, por exemplo, subiu 130%. Outro produto fundamental, o milho, teve seu preço dobrado nos últimos dois anos. Para as pessoas que vivem no limiar da miséria, isso significa a fome. A gravidade da situação já chamou a atenção dos principais organismos internacionais: a Organização das Nações Unidas (ONU), o Banco Mundial (Bird) e o Fundo Monetário Internacional (FMI). As causas apontadas pelas principais entidades para explicar o problema - que, segundo o Bird, pode fazer com que 100 milhões de pessoas recuem na linha que separa a pobreza da miséria absoluta em função do encarecimento da comida.Os países mais pobres são os que mais deverão sofrer: Escassez de alimentos já provoca mais conflitos

Impacto nos preços dos alimentos


Fertilizantes sobem 59%: Demanda por petróleo em alta e disparada do preço do barril dobraram o preço da tonelada de fertilizante. No plantio de algumas culturas, como a soja e o milho, os gastos com fertilizantes podem ultrapassar um terço do custo de produção.
Leite subiu 12%: A alta da soja e do milho encarece a ração, que, por sua vez, pressiona o preço final do leite e derivados.
Ovos subiram 24%: O direcionamento da produção de milho para a fabricação de etanol acabou por encarecer o produto, que é a base para a ração das galinhas.
Soja aumentou 87%: Um dos principais motivos para a alta dos preços da soja deve-se a sua troca, por parte dos agricultores americanos, pela cultura do milho para fabricação do biocombustível.
Trigo subiu 130%: Os principais países produtores do grão, como a Austrália, sofreram secas históricas que diminuíram a produção em até 10%.
Pão aumentou 10%: Conseqüência da seca que causou o aumento do trigo, principal matéria-prima para a produção dos pãezinhos.
Carne bovina subiu 22%: Em 1985, cada chinês consumia em média 20 quilos de carne por ano. Hoje, consome 50.
Arroz subiu 70%: O aumento da demanda na China e em outros países asiáticos elevou o preço do arroz ao patamar mais alto em 40 anos.

imagem


Publicado por Blog da Santa às 07:01 | | Comentar | ver comentários (3)


Dilma Rousseff operou para silenciar resistências

''Você não tem que se meter nisso'', disse Dilma ao presidente da Infraero, que reclamou da Anac (2006)

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, operou para silenciar resistências no governo à venda da VarigLog para o fundo americano Matlin Patterson e três sócios brasileiros, há dois anos. Acusada pela ex-diretora da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) Denise Abreu de pressionar o órgão a tomar decisões favoráveis ao negócio, Dilma também agiu em outros setores da administração federal, segundo pessoas que acompanharam o processo de transferência de ações. Na manhã de 25 de junho de 2006, dois dias depois de a Anac aprovar a transferência do controle acionário da VarigLog para a Volo do Brasil, em sociedade com o fundo americano, a ministra-chefe da Casa Civil telefonou para o então presidente da Infraero, brigadeiro José Carlos Pereira, reclamando de declarações contra o posicionamento "impatriótico" da agência, termo usado por ele em entrevistas publicadas naquele dia. "Você não tem que se meter nisso, você exorbitou na sua função", disse Dilma Rousseff ao brigadeiro, em tom exaltado, relataram fontes do governo. "A Infraero não deve se envolver nas questões da Anac." Dilma Rousseff reclamava especialmente de uma entrevista dada por José Carlos Pereira em Brasília, em que ele avaliou que a transferência de ações da VarigLog para a Volo do Brasil desrespeitava o Código Brasileiro de Aeronáutica, que limita a 20% o capital estrangeiro nas companhias aéreas. "É um risco para a aviação civil colocar capital estrangeiro desse jeito; vai permitir a competição predatória", disse o então presidente da Infraero. A assessoria de imprensa da Casa Civil foi procurada na tarde de ontem para comentar o assunto. A ministra Dilma Rousseff, segundo assessores, mantém a linha de não comentar questões que, na avaliação dela, não dizem respeito à Casa Civil. Em entrevista coletiva anteontem no Palácio do Planalto, Dilma Rousseff disse que a responsabilidade pela venda da VarigLog foi da Anac e da Justiça. Procurado ontem pela reportagem, José Carlos Pereira confirmou ter recebido, à época, o telefonema da ministra-chefe da Casa Civil. Ele, porém, não quis dar detalhes da conversa. Em entrevistas na ocasião, o brigadeiro falou de "forte pressão" sofrida pela Anac para permitir a venda da empresa aérea. "O Código Brasileiro de Aeronáutica é muito claro, e a lei vale para todo mundo. Como cidadão, me preocupo", disse na época. Na época da negociação, havia suspeita de que os sócios brasileiros da empresa que comprava a Variglog eram "laranjas". A Anac permitiu a venda da empresa após um parecer do então procurador-geral do órgão, João Ilídio Lima Filho, que considerou desnecessária uma análise da declaração do Imposto de Renda de um dos sócios, o empresário Marco Antonio Audi, como exigia a Superintendência de Serviços Aéreos (SSA) da Anac. No parecer 13/2006, Lima Filho argumenta que o respeito ao limite de participação de capital estrangeiro estava garantido nos documentos apresentados e não era o caso de avaliar a situação de uma pessoa física na Receita Federal. O dinheiro para a compra da VarigLog, segundo o parecer do então procurador-geral da Anac, veio dos Estados Unidos em procedimento que respeitava a legislação. Ele nega ter sido pressionado por Dilma Rousseff. "Agi estritamente dentro dos autos", disse Lima Filho. "Não havia comprometimento dos 20% (do capital estrangeiro); tecnicamente a operação estava correta." Por Leonencio Nossa, BRASÍLIA Estadão


Escândalo: Dilma Rousseff, chefe da Casa Civil, acusada de favorecer comprador da Varig


Publicado por Blog da Santa às 07:00 | | Comentar

BEM VINDOS!
ORKUT

Página da Santa

Comunidade da Santa
 

POSTS RECENTES

Novo endereço

Até breve!!

QUANTO VALE UM POBRE?

Narcoterroristas da Colôm...

Popular até para os morto...

Atenção! O trem-bala já n...

OS 85 TRIBUTOS COBRADOS N...

Dilma. A mulher "pode" !

Brasil: pós palanque e br...

Lula ressuscita a CPMF pa...

"O pior não é morrer de fome num deserto: é não ter o que comer na Terra Prometida" (José Lins do Rego)
ARQUIVO

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

MAPA ELEIÇÕES ESTADUAIS
Oposição é campeã na disputa pelos Estados (10 vitórias) contra 4 do partido governista.
BLOGS ESTRANGEIROS
  • A Natureza do Mal (Portugal)
  • Abulafia (México)
  • Abrupto (Portugal)
  • AEA(Portugal)
  • Astrolabio(Chile)
  • Bellxone(França)
  • Blog-sem-filtros(Portugal)
  • Betty Branco(Portugal)
  • COGIR (Portugal)
  • Das Pipi Pausa (Chile)
  • Dispersamente(Portugal)
  • Dra.Daniela Mann(Portugal)
  • El Escarabajo gris
  • Estados Gerais (Portugal)
  • Fado Falado (Portugal)
  • Fases da Lua Cheia (Portugal)
  • Foto Escrita (Portugal)
  • Impressões(Inglaterra)
  • In Mente (Portugal)
  • Kurika (Portugal)
  • Martha Clmares(Venezuela)
  • Menina Marota(Portugal)
  • Mixtu (Espanha)
  • Inquetudes(Espanha)
  • Novo Mundo(Portugal)
  • Nuvolaglia (Peru)
  • O Insurgente(Portugal)
  • Olhos de Órus(Portugal)
  • Os Intensos (USA)
  • Pisconight (Portugal)
  • Sabedoria(Portugal)
  • Ser Rizomático (Espanha)
  • Só Verdades(Portugal)
  • V-P(nieto) (Portugal)
  • Xnem(Barcelona)
  • BLOGS BRASILEIROS
  • A Marvada Pinga
  • A Moita do Moita
  • A Nova Corja
  • A Casa do Zé Carlos
  • As Culturas Reagem
  • Alquimistas do Brasil
  • Abuláfia
  • Arte Incomum
  • Arte de Fazer
  • Arte Popular
  • Apoio Fraterno
  • Abrindo Janelas
  • Alerta Brasil
  • Angelo da Cia
  • Amor Natural
  • Aqui não, Genésio
  • Aparte
  • ArtMonta
  • Arte Pública Blog
  • Bento vai pradentro
  • Boa Temática
  • Blog do Arlan
  • Blog do Carlos Caldas
  • Blog do Clausewitz
  • Blog de Daniel Butzke
  • Blog do Fábio Mayer
  • Blog do Ferra Mula
  • Blog do Hynkel
  • Blog do Joca
  • Blog do Maninho
  • Blog do Tunico
  • Blog do Tunico 2
  • Blog da Juju
  • Blog da Loba
  • Blog da Magui
  • Blog do Patrick
  • Blog da Nariz Gelado
  • Blog do Tambosi
  • Blog do Sombr4
  • Blog do Ozéas
  • Blogs Coligados
  • Blogando Francamente
  • Brazil Liberdade e Democracia
  • Brazil Business
  • Business Opportunites
  • Cadinho Roco
  • Camarada Arcanjo
  • Caótica
  • Cláudia Perrotti
  • Clenira Melo
  • Chega Mais
  • Circo Sem Futuro
  • Contos e Encontros
  • Contos que conto
  • Connaction
  • Coisas Caseiras
  • Contra o Vento
  • Cosmologia: ciência e arte
  • Culturas Híbridas
  • Da indignação à Ação
  • Desabafos do Amor
  • Deu no Jornal
  • Devaneios de Lilith
  • Diplomatizzando
  • Doutro Lado do Mar
  • Eduardo Souza
  • Educa Fórum
  • Equilíbrio
  • Em Outras Palavras
  • Escrevinhações
  • Estórias Essenciais
  • Ex-petista
  • Expectativas Racionais
  • Fabiana Melo
  • Fábio Mayer
  • Falares
  • Fermento Cínico
  • Flor de Lis Branca
  • Giocomo
  • Frodo Balseiro
  • Gazeta Cultural
  • Grupo da Quinta
  • Idéias e Histórias
  • Ilustrada PPG
  • Indecência Verde Amarela
  • Jus Indignatus
  • Kafe Roceiro
  • Lata Mágica
  • Leão Nazareno
  • Leite, Luz e Linha
  • Lesados em Geral
  • Lena Casas Novas
  • Limpa Brasil
  • Lucasivuca
  • MaGenCo
  • Maria B
  • Maria Oliveira
  • Meu Primeiro Bebê
  • Memorial IAC
  • Meus Ditos
  • Mini contos cotidianos
  • Minimínimos
  • Minuto Político
  • Netuno
  • Miolo de Pote
  • Nacionalista
  • Novas - Vera
  • O Copista
  • O País da Piada Pronta
  • O que pensa Aluízio
  • O Carapuceiro
  • Olhos de Marina
  • Outras Letras
  • PT Nunca Mais
  • Palavras ao Leu
  • Pensar Político
  • Pedra Fundamental
  • Pérolas aos Porcos
  • Plenos Pecados
  • Poemas e Amores
  • Porto das Crônicas
  • Por Cuba Livre
  • Por Outro Lado
  • Por um Novo Brasil
  • Pinkart
  • Pobre Pampa
  • Postura Ativa
  • Quintal do Leão
  • Ramses Séc XXI
  • Resistência
  • Rodrigo Constantino
  • Rótulo
  • Serjão comenta do céu
  • Sei.Não.Maga
  • Simpatia e Esculacho
  • Sobesta Blog
  • Soube?
  • Som Barato
  • Star Sasa
  • Toque das Ruas
  • Toca do Calango
  • Toca dos Seis
  • Tubarão
  • Santa do Blog
  • Uni-verso In-verso
  • Vaca Atolada
  • Varal de Idéias
  • Verbi Gratia
  • Vida Nova
  • Vôo Subterrâneo
  • Vox Libre por Antonio Rayol
  • Walter Carrilho
  • Zigue-zagueando
  • Contraditório
  • Jean Scharlau
  • Zé Povo
  • Novembro 2010
    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab

    1
    2
    3
    4
    5
    6

    7
    8
    9
    13

    16
    17
    18
    20

    21
    22
    23
    24
    26
    27

    28
    29
    30


    Brasileira em Lisboa, Portugal
    blogs SAPO
    tags

    “força aérea

    300

    80 anos de bento xvi

    aeronáutica

    affonso romano

    agência nacional de aviação civil

    água

    alimentação medieval

    alinhamento ideológico

    amarildo

    ancine

    andre desek

    anibal phillot

    animação

    ariano suassuna

    arquitetura

    arsenal

    arte

    arte brasileira contemporânea

    arte contemporânea

    arte pop

    arte pública

    artes visuais

    assalto

    assédio

    assembléia legislativa de perrnambuco

    atendimento aos municípios

    bacanal

    banco do brasil

    bento xvi

    bienal

    bloogueiros portugueses

    bobagens

    bolívia

    boris kossoy

    boris nikoláyevich yeltsin

    brasil

    bruna putistinha

    bruna surfistinha

    caetano veloso

    caetés

    campanha na rede

    cansei

    caos aéreo

    caricatura

    carlos wilson

    cartel

    células-tronco

    cenografia

    censura no brasil

    charge

    christina fontenelle

    cidades

    cinema

    classe média

    clement greenberg

    clodovil

    co-rio

    combater ao crime

    comissão de constituição e justiça do se

    comunicação

    congressistas

    congresso nacional

    conselho nacional de cinema

    controlador de vôo

    corrupção no brasil

    cow parade

    cow parade no brasil

    cpi do apagão

    crime

    crítica de arte

    culinária temática

    curadoria

    cursos

    diogo mainardi

    escultura

    fotografia

    governo

    governo do pt

    governo lula

    humor

    impunidade

    lei rouanet

    literatura

    lula

    mec

    minc

    patrocínio cultural

    poéticas

    política

    política cultural

    política pública

    políticas públicas

    prefeitura são paulo

    pt

    segurança

    turismo

    universidade

    violência

    violência urbana

    todas as tags