De Fábio Mayer a 21 de Setembro de 2007 às 17:54
O Brasil, claro, cobra as maiores taxas aeroportuárias do mundo, que vão para o "bolso" da INFRAERO.

Se é verdade que a maior parte dos aeroportos nacionais é deficitária, o que obriga a INFRAERO a distribnuir recursos, também é estranho que uma empresa pública administradora de aeroportos, administre coisas alheias à sua função, como, por exemplo, publicidade, que já foi objeto de denúncias.

E vender puiblicidade explica o excesso de investimentos em terminais e os poucos investimentos em pistas... e explica um monte de outras coisas também...


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres