8 comentários:
De AD a 6 de Março de 2008 às 17:58
Afinal o que está valendo? O que o Brasil disse oficialmente na OEA, ou o que disse essa figura bizarra?


De ex-petista a 6 de Março de 2008 às 18:14
Santa,

Essa é a versão oficial do governo petista, a do Itamaraty deve ser o teatro. E o País fica mal diante das nações ordeiras.


De Eduardo a 6 de Março de 2008 às 19:05
O pior terrorismo é o ataque ao Estado Democrático.


De Clau a 6 de Março de 2008 às 20:24
A posição do Brasil?

De quatro.

Com os quadrúpedes que temos no governo, só pode ser de quatro - e relinchando.

Clau - de saco cheio.


De Anónimo a 6 de Março de 2008 às 21:11
Envie seu protesto ao Itamaraty e ao Senado contra as declarações do TopTop Marco Aurélio Garcia

Envie os e-mails para os seguintes departamentos: - Assessoria de Imprensa do Gabinete do ministro Celso Amorim imprensa@mre.gov.br - DEA - Divisão da Organização dos Estados Americanos dea@mre.gov.br - DHS - Departamento de Direitos Humanos e Temas Sociais dhs@mre.gov.br Envie, depois, uma cópia de seu protesto para a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado. Não é preciso mandar cópia a todos os membros. Basta que ela chegue ao senador Heráclito Fortes (DEM-PI), o presidente. O e-mail do senador é este: heraclito.fortes@senador.gov.br

Espalhe esses endereços na rede.


De Fabiana a 6 de Março de 2008 às 21:22
Santa,

A foto do assessor está supimpa!! Merecido.


De Alerta a 6 de Março de 2008 às 21:43
Relatório da ONU sobre drogas irrita Lula, mesmo sem falar na relação das FARC com o tráfico e a política no Brasil.


O chefão Lula ficou irritado com a divulgação de um relatório da ONU que indica um aumento do tráfico de drogas no Brasil, junto com o crescente consumo de ecstasy e cocaína.

Também não gostou de saber que representantes das Nações Unidas criticaram a corrupção em setores das polícias e do Judiciário que prejudica a punição de narcotraficantes em território brasileiro.

A insatisfação de Lula seria maior se a ONU relacionasse tudo isso com o Foro de São Paulo e a parceria operacional de sucesso entre as FARC e os narcovarejistas brasileiros para o fornecimento das drogas.

O estudo da ONU nem chegou perto dessa verdade sempre omitida pela mídia.


De Nal a 6 de Março de 2008 às 22:06
Objetivo final de Chavéz é invadir o Brasil. Pede pra sair, enquanto há tempo !


Comentar post