33 comentários:
De Zuriñe Vázquez a 28 de Março de 2007 às 05:56
Es interesante ver tu perspectiva de la actualidad política de tu país. El racismo es algo muy patente en Brasil, pero en muchos otros lugares también, donde empiezan a convivir diferentes grupos sociales y culturales. Como España.
Espero que tengas suerte con el blog en PD.
Beijos


De Silvio Vasconcellos a 28 de Março de 2007 às 08:50
O maior preconceito no Brasil é o de classes. Como os brancos estão historicamente acima na pirâmide social acaba-se por confundir racismo com distinção de classes.
Essa senhora foi no mínimo infeliz nessa entrevista. No momento que permite que um negro seja preconceituoso com um branco tem ela uma atitude completamente preconceituosa e deveria ser punida pelo mal exemplo de uma ministra: racismo é crime inafiançável. Que seja punida assim.
Já vi entre negros o preconceito de cor: "Fulano é mais preto", "sicrano tem cabelo ruim", "coisa de negro". Tudo isso oriundo de uma não aceitação de sua raça, historicamente tratada como refugo social, alienada do papel fundamental que exerceu na formação do Brasil.


De Patrick Gleber a 28 de Março de 2007 às 09:53
Como exemplo para os demais a ministra deve ser demitida!


De Siri do BBB a 28 de Março de 2007 às 10:14
Essa mulher não tem NOOOÇÃO!!!


De Nido a 28 de Março de 2007 às 10:23
Com a palavra brancos e afrodescendentes que defenderam, votaram e elegeram Lula presidente.


De Saramar a 28 de Março de 2007 às 10:24
Santa, acabei de comentar lá no Tunico sobre este assunto.
O governo (?) é racista. A própria lei de cotas demonstra isso.
Ademais, você se lembra do Genro querendo colocar a cor nas fichas de matrículas dos estudantes?
Cada dia, caem mais máscaras no Brasil.

beijos


De pisconight a 28 de Março de 2007 às 11:30
Oi minha Santa!!
Acho degradante que a cor, a raça ou a etnia nos dias de hoje ainda possam marcar tanto uma pessoa.
É triste...
;)


De DO a 28 de Março de 2007 às 13:16
Ela perdeu uma grande chance de ficar calada,SANTA.
Como bem disse a jornalista DORA KRAMMER : só o Lula tem direito de falar impropriedades,pois o povo releva ( rsss )

Beijão!!


De artepublica a 28 de Março de 2007 às 14:46
Em um país sério - prisão. No Brasil, é alegoria petista.


De Fabiana a 28 de Março de 2007 às 15:14
É assim, se vc é branca estará sujeita a ser agredida por um afrodescentente. Essa ministra tem que ser processada.


Comentar post