Segunda-feira, 26 de Dezembro de 2005

Senti a bala assassina ferindo a minha própria carne...

A Ilha do Pontal do Pina, que já foi descrita em verso por Didier Filho, há mais de um século sendo " faceira como uma menina, irrequieta e farandulosa " é hoje, segundo estatísticas oficiais, uma região em que são assassinados 69 por 100.000 habitantes, número alarmante, com o qual convivemos nós, os moradores e os milhares de pernambucanos que por lá transitam todos os dias.
Quis a inextricável, incompreensível teia do destino, num fim de tarde de sábado, que um facínora, assassino frio e indiferente, como milhares que pululam pela nossa cidade e pelo nosso país, tirasse a vida do eminente médico psicanalista dr. Antonio Carlos Escobar.

Eu o conheci há muitos anos, quando pessoa de minhas relações precisou de seus cuidados médicos e pude verificar seu elevado senso profissional e sua destacada eficiência técnica. Ao longo do tempo pude observar seu desempenho crescente, sua disposição em promover o crescimento de sua profissão e das instituições que criou e estimulou, sempre com o sentido maior de prestar relevantes serviços ao ser humano, a ajudar seus semelhantes. Pude também testemunhar o seu interesse em discutir, de maneira elevada e lúcida os problemas do seu tempo e do seu povo.

Mas, nessa trágica e nebulosa quadra por que passa nosso país, há uma profunda inversão de valores, fruto de uma desordem generalizada patrocinada pelo governo, a partir do péssimo exemplo de suas figuras mais destacadas, como o próprio presidente da República . Há uma condescendência inexplicável, absurda, gritante e também progressiva com os agentes do mal que semeiam implacavelmente suas atrocidades no fértil campo dos justos. Essa sementeira malévola é regada com profusão e desvelo pela inoperância gigantesca e pela indiferença incompreensível dos governos, que passaram de protetores constitucionais do cidadão-contribuinte a exercer, duplamente, o papel de seu algoz.

De um lado devorando sofregamente o fruto do seu trabalho através de impostos absurdos, de outro despejando na vala comum da corrupção e da incompetência os recursos tão essenciais para um país com tantas carências...

Nós convivemos hoje com uma polícia desarticulada, ineficiente, na maioria das vezes ausente, associada a uma Justiça precária , tolerante, paquidérmica e obsoleta. Isso sob o manto diáfano da fantasia de uma sociedade alienada, que só se preocupa, tardia e ineficazmente, quando ferida nos seus mais próximos membros. Mas hoje li comentário de um amigo do nobre falecido: não podemos continuar fazendo passeatas de branco pela paz. Eu digo que temos que fazer passeatas de vermelho pelo sangue derramado e de preto de luto pela ineficiência institucional. Considero que o último ato do Dr Escobar foi de altruísmo elevado, compatível com sua trajetória de vida: procurava ajudar um semelhante em dificuldade.

Senti a bala assassina ferindo a minha própria carne.
Prestemos o nosso tributo ao eminente e saudoso psicanalista: que a semente de seu exemplo profissional e de vida germine, poderosa, como humanística e invencível bandeira pela justiça e pela vida.

"Tributo ao Dr. Escobar", por Dr. Eduardo Miranda, Médico cancerologista - Diretor da Clínica, UNIONCO e da Organização Social CORE. Publicado no Diário de Pernambuco, em 21 de dezembro de 2005. Imagem: antenaparanoica

Nota: Um caso emblemático. Escobar, nosso amigo, trabalhava atualmente na recuperação de jovens infratores. Foi morto por um menor, ao tentar salvar uma moça dos assaltantes. Mais um dos assaltos diários na cidade do Recife, considerada uma das mais violentas do mundo.


Publicado por Blog da Santa às 13:06 | | Comentar
|

25 comentários:
De Silvio Vasconcellos a 26 de Dezembro de 2005 às 14:56
Pois assim estamos. Comemoramos o nascimento um dia por ano e a morte nos outros 364.
Ninguém engane-se que é o caso isolado de Recife. As grandes metrópoles brasileiras estão gemendo, velando seus heróis do desatino da ganância e da intolerância, enquanto o estado toma medidas paliativas que não estancam a grande hemorragia moral que se abate sobre nosso país.


De Clê a 26 de Dezembro de 2005 às 16:01
Que triste saber que mesmo fazendo parte de tamanha estatística nenhuma ação governamental é feita para a segurança dos que vivem aqui.


De Anónimo a 26 de Dezembro de 2005 às 16:06
Mais um vítima.


De Maria Oliveira a 26 de Dezembro de 2005 às 16:07
Santa, sua atitude enobrece cada vez mais a pessoa que conhecemos. Dar espaço em seu blog como forma de protesto a toda esta violência.Sentimos muito a perda de Dr Escobar, que nesta hora, representa os milhares de cidadãos, que pagam seus impostos, que dedicam a vida profissional ao bem coletivo, e que perdem suas vidas pelo total abandono do Estado.


De Anónimo a 26 de Dezembro de 2005 às 16:11
Que triste País vivemos. Que tristes tempos!! O que será das próximas gerações??


De Mestre a 26 de Dezembro de 2005 às 16:16
O que é publicado não corresponde nem a 50% dos crimes cometidos. Vale o post como forma de alerta a sociedade em desamparo.


De Marquinho a 26 de Dezembro de 2005 às 16:48
Já que a Constituição diz que o Estado é o responsável pela segurança do cidadão, por que não responsabilizá-lo judicialmente já que não cumpre a constituição.

www.observatoriodasartes.com.br


De Lata Mágica a 26 de Dezembro de 2005 às 16:55
Santa, imaginamos o que está sentindo. É muito triste perder um amigo ainda mais de forma violenta.Nosso abraço.


De Anónimo a 26 de Dezembro de 2005 às 17:08
Cara Santa :

Em São Paulo perdi vários amigos assim bestamente, por um carro velho, R$ 50 ou simplesmente por estarem no lugar certo, exercendo seus direitos na frente de pessoas erradas, não se tira o mérito do texto é muito bom e sensivel, só não podemos romar como exemplo de justiça China e India, a primeira é mito não há justiça alguma e os números da violência são controlados pela midia estatal que publica o que quer e assassina quem quer também e a India o que dizer?, num país onde reclamar da corrupção dá direito a hospicio e segregação social não pode haver justiça alguma, agora que temos que parar com estas passeatas ridiculas pela paz e o bandido tem que ter medo da mão do Estado e da Justiça isto concordo em gênero, número e grau, vai-se um ser humano que produzia divisas e capital intelectual para o país e fica um outro que representa um fardo, um custo que mesmo depois de preso vai nos pesar mais ainda nos bolsos.

Bjs e condolências

Marcos
www.gotasdefel.blig.ig.com.br


De Saramar a 26 de Dezembro de 2005 às 17:13
Santa, meus sentimentos. Não só a você, mas a todos nós que somos vítimas diárias de atos desse tipo.
Concordo com você. Passeatas com camisetas brancas e pombinhas da paz não sensibilizam nossas "autoridades", não fazem mais sentido diante da complacência criminosa com a violência.
Beijos


Comentar post

BEM VINDOS!
ORKUT

Página da Santa

Comunidade da Santa
 

ACESSOS
POSTS RECENTES

Novo endereço

Até breve!!

QUANTO VALE UM POBRE?

Narcoterroristas da Colôm...

Popular até para os morto...

Atenção! O trem-bala já n...

OS 85 TRIBUTOS COBRADOS N...

Dilma. A mulher "pode" !

Brasil: pós palanque e br...

Lula ressuscita a CPMF pa...

"O pior não é morrer de fome num deserto: é não ter o que comer na Terra Prometida" (José Lins do Rego)
CENSURA NO GOOGLE
SANTA
ARQUIVO

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

MAPA ELEIÇÕES ESTADUAIS
Oposição é campeã na disputa pelos Estados (10 vitórias) contra 4 do partido governista.
BLOGS ESTRANGEIROS
  • A Natureza do Mal (Portugal)
  • Abulafia (México)
  • Abrupto (Portugal)
  • AEA(Portugal)
  • Astrolabio(Chile)
  • Bellxone(França)
  • Blog-sem-filtros(Portugal)
  • Betty Branco(Portugal)
  • COGIR (Portugal)
  • Das Pipi Pausa (Chile)
  • Dispersamente(Portugal)
  • Dra.Daniela Mann(Portugal)
  • El Escarabajo gris
  • Estados Gerais (Portugal)
  • Fado Falado (Portugal)
  • Fases da Lua Cheia (Portugal)
  • Foto Escrita (Portugal)
  • Impressões(Inglaterra)
  • In Mente (Portugal)
  • Kurika (Portugal)
  • Martha Clmares(Venezuela)
  • Menina Marota(Portugal)
  • Mixtu (Espanha)
  • Inquetudes(Espanha)
  • Novo Mundo(Portugal)
  • Nuvolaglia (Peru)
  • O Insurgente(Portugal)
  • Olhos de Órus(Portugal)
  • Os Intensos (USA)
  • Pisconight (Portugal)
  • Sabedoria(Portugal)
  • Ser Rizomático (Espanha)
  • Só Verdades(Portugal)
  • V-P(nieto) (Portugal)
  • Xnem(Barcelona)
  • BLOGS BRASILEIROS
  • A Marvada Pinga
  • A Moita do Moita
  • A Nova Corja
  • A Casa do Zé Carlos
  • As Culturas Reagem
  • Alquimistas do Brasil
  • Abuláfia
  • Arte Incomum
  • Arte de Fazer
  • Arte Popular
  • Apoio Fraterno
  • Abrindo Janelas
  • Alerta Brasil
  • Angelo da Cia
  • Amor Natural
  • Aqui não, Genésio
  • Aparte
  • ArtMonta
  • Arte Pública Blog
  • Bento vai pradentro
  • Boa Temática
  • Blog do Arlan
  • Blog do Carlos Caldas
  • Blog do Clausewitz
  • Blog de Daniel Butzke
  • Blog do Fábio Mayer
  • Blog do Ferra Mula
  • Blog do Hynkel
  • Blog do Joca
  • Blog do Maninho
  • Blog do Tunico
  • Blog do Tunico 2
  • Blog da Juju
  • Blog da Loba
  • Blog da Magui
  • Blog do Patrick
  • Blog da Nariz Gelado
  • Blog do Tambosi
  • Blog do Sombr4
  • Blog do Ozéas
  • Blogs Coligados
  • Blogando Francamente
  • Brazil Liberdade e Democracia
  • Brazil Business
  • Business Opportunites
  • Cadinho Roco
  • Camarada Arcanjo
  • Caótica
  • Cláudia Perrotti
  • Clenira Melo
  • Chega Mais
  • Circo Sem Futuro
  • Contos e Encontros
  • Contos que conto
  • Connaction
  • Coisas Caseiras
  • Contra o Vento
  • Cosmologia: ciência e arte
  • Culturas Híbridas
  • Da indignação à Ação
  • Desabafos do Amor
  • Deu no Jornal
  • Devaneios de Lilith
  • Diplomatizzando
  • Doutro Lado do Mar
  • Eduardo Souza
  • Educa Fórum
  • Equilíbrio
  • Em Outras Palavras
  • Escrevinhações
  • Estórias Essenciais
  • Ex-petista
  • Expectativas Racionais
  • Fabiana Melo
  • Fábio Mayer
  • Falares
  • Fermento Cínico
  • Flor de Lis Branca
  • Giocomo
  • Frodo Balseiro
  • Gazeta Cultural
  • Grupo da Quinta
  • Idéias e Histórias
  • Ilustrada PPG
  • Indecência Verde Amarela
  • Jus Indignatus
  • Kafe Roceiro
  • Lata Mágica
  • Leão Nazareno
  • Leite, Luz e Linha
  • Lesados em Geral
  • Lena Casas Novas
  • Limpa Brasil
  • Lucasivuca
  • MaGenCo
  • Maria B
  • Maria Oliveira
  • Meu Primeiro Bebê
  • Memorial IAC
  • Meus Ditos
  • Mini contos cotidianos
  • Minimínimos
  • Minuto Político
  • Netuno
  • Miolo de Pote
  • Nacionalista
  • Novas - Vera
  • O Copista
  • O País da Piada Pronta
  • O que pensa Aluízio
  • O Carapuceiro
  • Olhos de Marina
  • Outras Letras
  • PT Nunca Mais
  • Palavras ao Leu
  • Pensar Político
  • Pedra Fundamental
  • Pérolas aos Porcos
  • Plenos Pecados
  • Poemas e Amores
  • Porto das Crônicas
  • Por Cuba Livre
  • Por Outro Lado
  • Por um Novo Brasil
  • Pinkart
  • Pobre Pampa
  • Postura Ativa
  • Quintal do Leão
  • Ramses Séc XXI
  • Resistência
  • Rodrigo Constantino
  • Rótulo
  • Serjão comenta do céu
  • Sei.Não.Maga
  • Simpatia e Esculacho
  • Sobesta Blog
  • Soube?
  • Som Barato
  • Star Sasa
  • Toque das Ruas
  • Toca do Calango
  • Toca dos Seis
  • Tubarão
  • Santa do Blog
  • Uni-verso In-verso
  • Vaca Atolada
  • Varal de Idéias
  • Verbi Gratia
  • Vida Nova
  • Vôo Subterrâneo
  • Vox Libre por Antonio Rayol
  • Walter Carrilho
  • Zigue-zagueando
  • Contraditório
  • Jean Scharlau
  • Zé Povo
  • Novembro 2010
    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab

    1
    2
    3
    4
    5
    6

    7
    8
    9
    13

    16
    17
    18
    20

    21
    22
    23
    24
    26
    27

    28
    29
    30


    Brasileira em Lisboa, Portugal
    blogs SAPO
    tags

    “força aérea

    300

    80 anos de bento xvi

    aeronáutica

    affonso romano

    agência nacional de aviação civil

    água

    alimentação medieval

    alinhamento ideológico

    amarildo

    ancine

    andre desek

    anibal phillot

    animação

    ariano suassuna

    arquitetura

    arsenal

    arte

    arte brasileira contemporânea

    arte contemporânea

    arte pop

    arte pública

    artes visuais

    assalto

    assédio

    assembléia legislativa de perrnambuco

    atendimento aos municípios

    bacanal

    banco do brasil

    bento xvi

    bienal

    bloogueiros portugueses

    bobagens

    bolívia

    boris kossoy

    boris nikoláyevich yeltsin

    brasil

    bruna putistinha

    bruna surfistinha

    caetano veloso

    caetés

    campanha na rede

    cansei

    caos aéreo

    caricatura

    carlos wilson

    cartel

    células-tronco

    cenografia

    censura no brasil

    charge

    christina fontenelle

    cidades

    cinema

    classe média

    clement greenberg

    clodovil

    co-rio

    combater ao crime

    comissão de constituição e justiça do se

    comunicação

    congressistas

    congresso nacional

    conselho nacional de cinema

    controlador de vôo

    corrupção no brasil

    cow parade

    cow parade no brasil

    cpi do apagão

    crime

    crítica de arte

    culinária temática

    curadoria

    cursos

    diogo mainardi

    escultura

    fotografia

    governo

    governo do pt

    governo lula

    humor

    impunidade

    lei rouanet

    literatura

    lula

    mec

    minc

    patrocínio cultural

    poéticas

    política

    política cultural

    política pública

    políticas públicas

    prefeitura são paulo

    pt

    segurança

    turismo

    universidade

    violência

    violência urbana

    todas as tags