36 comentários:
De Emotivo da CPI a 27 de Fevereiro de 2007 às 07:05
Se até o Virgilio "Carateca" amansou com uma simples "carona" (imagina o papo que rolou), imagina o "gaucho bravo" que até os filhos já ameaçaram "interditar".....parece que a moda é comparar com inofensivos personagens de histórias infantis, então lá vai:lembra daquele desenho que tinha uma motoquinha que ficava falando sem parar: "Mas eu te disse, eu te disse, eu te disse", então tá então....


De dácio jaegger a 27 de Fevereiro de 2007 às 08:25
Quando filho interdita ou ameaça interditar (sic, emotivo da cpi)é porque o indivíduo já não pode ficar enquadrado no "todo homem é capaz de direitos e obrigações na lei civil" e que depende de um processo onde o Ministério Público intervém obrigatoriamente. Taí a República refém de tantos a serem interditados. Beijo, Santa.


De Silvio Vasconcellos a 27 de Fevereiro de 2007 às 09:38
Santa, o Simon tem talento dentro e fora do governo. Só espero que não esconda o dedo agora do lado de lá. Tem que apontar problemas, tem que ser a voz dissonante que ecoa ética como sempre foi. Um governo de coalizão, como foi proposto, precisa ter opinião e isso ele tem. Ele não é mais um menino, que possa se vender por cargos. Ele está lá para agir e exigir. Um governo de uma só voz é justamente o que não precisamos.
Se você rever meus comentários do ano passado, lá do início do ano, em meio a maior crise ética que já vivenciamos, verá que a pedra já estava cantada. O PMDB já estava eleito, sem candidato. PT ou PSDB, qualquer um que ganhasse as eleições, teria o PMDB no governo.


De Clê a 27 de Fevereiro de 2007 às 10:53
No final de 2006 quando o senador foi recebido por Lula teve atitudes que jamais imaginei (pelo perfíl eloquente) bastante suave com o PT e com o Presidente, foi pianinho. Deu conselhos amorosos do tipo: Lula cuidado ao escolher seu pessoal (ministros, etc), verifique antes a folha corrida e disse da sua disposição de votar com o governo sempre que achar correto. Santa, tens razão é a última flor do Lácio.


De liliane a 27 de Fevereiro de 2007 às 10:55
"Simon, com o PT? Não quero crer". Santa, muito bom o artigo e não paro de admirar a imagem.


De Common Nista a 27 de Fevereiro de 2007 às 11:01
Santa, eu não sabia que vc também era anti-capitalista!!! fiquei contente em ver o link do Bansky aqui. Não dá mais mesmo para tolerar esse sistema, e é mesmo pelas artes que precisamos ridicularizá-lo, como bem faz o(s) Bansky. Não sei se você sabe, mas há vários comunistas nesse grupo inglês. Abraço.


De common nista ébrio a 27 de Fevereiro de 2007 às 11:10
descurpe, estou meio bêbado de vodka, por isso escrevi Bansky, mas é Banksy, desculpa.


De Santa a 27 de Fevereiro de 2007 às 11:24
Momento Eeeepa no blog!!!

Meio bêbado? Só mesmo de cara cheia pra achar que eu sou anti-capitalista é que ARTE pode ser "Common Nista".rsss

Bjs


De Emotivo da CPI a 27 de Fevereiro de 2007 às 11:48
O comentário deste Common Nista salvou o dia,Viva Lenin....... Adeus Lenin..........que tal marcarmos uma invasão lá no pontal pra sabado, quem topa????


De common nista a 27 de Fevereiro de 2007 às 11:50
ficou brava? eu sabia. a direita não tem coerência nenhuma: às vezes não percebe e até "consome" arte revolucionária, anti-capitalista e neocomunista, como o Banksy. você pirou nele, amiga, sem saber que estava sendo enganada (lógico, é uma puta arte aquilo, mas não é para quem ainda usa o pronome VÓS em suas escritas medianas). taí o caráter destruidor do(s) cara(s).


Comentar post